quarta-feira, 2 de agosto de 2017

X-Plan: Dando aos seus filhos uma saída

Não sei se vocês sabem mais Maria Izabela dorme fora desde os 7 meses, se eu te falar que no começo foi meeeeeega sossegado vou estar mentindo e feio

No começo era só na casa dos avós e tia

Só que as cria crescem, querendo a gente ou não! 

Quando começou o "tia, deixa a Maria dormir na minha casa?" tomamos várias precaução sobre isso, conhecer os pais, conhecer a casa, a rotina da casa... e a cima de tuuuuuuuuuudo garantir a MiMi que se no meio da noite, antes de dormir ou em QUALQUER momento ela pode nos chamar que vamos buscar sem problema, que ela pode e deve seguir o seu coração!


Ela nos chamou apenas uma vez, da casa da avó, ela teve um pesadelo e não teve quem a garantisse que não tinha nenhuma cobra na casa. Minha sogra de coração partido e ela se sentindo segura sabendo que o pai e a mãe sempre estarão lá por ela

Esses dias lendo um blog paterno fui apresentada ao Xplan

Ele foi desenvolvido por Bert Fulks. Pai, pastor e orientador de adolescentes problemáticos, ele apresentou e implantou o sistema X de mensagem

Quando o adolescente se encontrar em um momento em que ele não se sinta confortável... sabe aquele sentimento de "meu Deus o que estou fazendo aqui?" ou "acho que não tá legal isso aqui..." então! É só ele manda um simples mensagem - X - nada mais... assim o pai / mãe / responsável irão responder com uma ligação de "emergência" em casa e darão instruções de como irão encontra-lo

Será que deu para entender? 

veja o exemplo que Bert Fulks deu:


Digamos que meu mais novo, Danny, é deixado em uma festa. Se alguma coisa sobre a situação o deixa desconfortável, tudo o que ele tem a fazer é enviar um texto da "X" para qualquer um de nós (sua mãe, eu, seu irmão mais velho ou irmã).  
Aquele que recebe o texto tem um script muito básico a seguir. Dentro de alguns minutos, eles chamam o telefone de Danny. 
Quando ele responde, a conversa é assim:"Olá?""Danny, alguma coisa surgiu e eu tenho que vir te buscar agora"."O que aconteceu?""Eu vou te dizer quando eu chegar lá. Esteja pronto para sair em cinco minutos. Estou a caminho."
Para isso também tem algumas regras: 


  • sem perguntas, sem briga ou castigo. Quem chamou deve confiar e querer contar em que situação de perigou ou constrangimento se encontrou
  • se acontecer com uma frequência grande, em casa deve-se entender por que e como ele tem se colocar nessas situações 
Eu achei mega fantásticoSe você quer ler a matéria completa - X-plan 
e ai? o que achou?



Nenhum comentário:

Postar um comentário

obrigada pelo comentário!