Em outras praias

sábado, 25 de fevereiro de 2017

Sucos de Caixinha São Bons Para Os Pequenos?

Veja Os Efeitos Deste Tipo de Bebida No Organismo das Crianças

As embalagens dos sucos são lindos, não é mesmo? Quando chegamos ao mercado somos influenciados pela enorme quantidade de produtos que estão à nossa disposição. É claro que, hoje em dia, as indústrias de alimento e seus respectivos marketing sabem que o cliente está a cada dia mais esperto e preocupado com a questão da saúde e estão procurando saber se determinados alimentos fazem ou não bem, principalmente para seus filhos.

Assim funciona com os sucos de caixinha, que numa corrida por mostrar que determinada marca é mais saudável do que a outra, muitos produtos acabam manipulando o conteúdo da embalagem, deixando tudo mais ‘bonito’ e ‘interessante’, passando uma sensação de ser saudável.


No entanto, o que realmente vale são as informações nutricionais contidas nos rótulos da embalagem. Você tem o costume de ler a rotulagem nutricional? Ou melhor: você lê e entende as informações que estão sendo passadas? 

                             

Principais Diferenças Entre Sucos, Néctar e Refresco:


Refresco: o refresco da fruta é um dos piores itens para comprar para seu filho. Podemos comparar o refresco como um refrigerante sem gás e com sabores que lembram as frutas. Os refrescos possuem uma concentração igual ou menor do que 25% de frutas, ou seja, o restante da sua composição é composto de açúcar, aditivos, conservantes e corantes.

Néctar da Fruta: não se deixe enganar pelas embalagens que tentam vender que esta bebida é o verdadeiro néctar da fruta porque os produtos que são intitulados como néctar possui uma concentração de apenas 20 a 50% da polpa de frutas, o restante é água, suco artificial, açúcar, corantes e conservantes.

Sucos da Fruta: se você não tem tempo para fazer o suco natural em casa, esta opção é a melhor coisa que você poderá fazer pela saúde do seu filho, pois o suco integral da fruta possui 100% da fruta e não é adoçado artificialmente. Entretanto, é preciso ler corretamente o rótulo para saber se o produto é realmente integral. Fuja dos sucos que diz que é integral, mas que tem uma validade grande (isso quer dizer que foi usado conservantes) ou se tem ‘açúcar’ escrito nos ingredientes, mesmo não contendo na tabela das informações nutricionais. Esta é uma maneira de manipular as pessoas. 




Veja o exemplo disso:


Um suco com uma embalagem e uma marca que já sugere que ele é natural e faz bem para a saúde. Mas, se olharmos os ingredientes percebemos que tem açúcar. Por mais que a indústria de alimentos tente esconder algumas informações, eles são obrigados pela ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária, oferecer a informação nutricional correta. Portanto, você precisa ler e entender o que está comprando para não se deixar levar pelas belezas das embalagens.  
Por muitas vezes achamos que estamos fazendo o melhor para nossos filhos comprando sucos de caixinha, mas não temos a consciência que não é a melhor alternativa para os pequenos. Seus filhos merecem o melhor, não é mesmo?! Boa sorte!













escrito em parceria com: Luma Monteiro é Nutricionista e empresária na Minha Nutri, assessoria em nutrição focada em ações sustentáveis para empresas. Possui pós-graduação em Nutrição pela Universidade do Grande Rio (2009) e MBA em Gestão da qualidade e Sistemas integrados QSMS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!!

Outros Posts

Carregando...