Em outras praias

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

[#LMnaDisney] Fazer Roteiros para a viagem, valeu a pena?

Nos posts de planejamento sobre a viagem, dois deles foram sobre roteiros. E agora que já estou de volta (#chatiadíssima), venho aqui para contar como foi na prática a roteirização e se ela deu certo. Relembrando que fiz dois tipos de roteiro:

- Escolha de dia dos parques baseado nos calendários de lotação;
- Escolha das atrações para agendamento de FastPass+;

O calendário de lotação funcionou muito bem, com exceção de um dia. Logo no Animal Kingdom, que costuma ser um parque muito vazio, no domingo que fomos estava lotado (lotação 10/10 e a previsão dos calendários era 4/10). Aproveitamos pouquíssimo, conseguimos fazer os FastPass+, outras atrações estavam lotadas e algumas quebradas. O parque é lindíssimo e foi uma pena não conseguirmos fazer tudo o que queríamos por lá.

No nosso roteiro, fizemos duas trocas, gostamos tanto do Universal Studios, que acabamos comprando um dia extra, foi só ir no Guest Services e pedir para adicionar um dia a mais e custou 10 dólares por pessoa. Assim, movemos o Universal para um dia que seria livre e invertemos o Island of Adventures com o segundo dia de Hollywood Studios, por causa da lotação e também porque estávamos cansados e não queríamos acordar tão cedo. Deu tudo certo.

Quando ao FastPass+, que coisa mais perfeita de meu Deus!! Agendamos os mais concorridos conforme a lista que postei aqui (LINK POST FASTPASS) e foi ótimo! Para atrações mega concorridas, como o Toy Story Mania, que tem em média duas horas de espera, fomos duas vezes, em dias diferentes, com zero de espera. Conseguimos ir em absolutamente todas as atrações que queríamos usando esse sistema e ficando pouquíssimo em cada fila. E o legal é que quando os três passes são utilizados, dá pra ir nos quiosques e agendar outro, usar, agendar outro e assim por diante. Com isso, usávamos seis ou sete passes por dia e íamos intercalando com atrações que estavam mais vazias, monitorando o tempo de espera através do App da Disney.

Então reforçando tudo o que fizemos:

- Escolhemos os dias de parque;
- Agendamento de FastPass+ 60 dias antes da viagem;
- Instalamos o App My Disney Experience para monitorar os tempos de fila de cada atração;
- Acordamos CEDO para chegar no parque antes das 10 da manhã, depois das 11 o parque fica cheio;
- Ter alguns dias livres para ter flexibilidade em trocas ou adição de parques.

No final das contas, nossa divisão ficou assim:

- Hollywood Studios: 2 dias
- Magic Kingdom: 3 dias
- Animal Kingdom: 1 dia
- Epcot Center: 1 dia - abrimos mão de um dia
- Universal Studios: 2 dias
- Island of Adventures: 1 dia - e foi suficiente
- Dias livres: 3 dias para compras, piscina do hotel e outros passeios.

Comparando com a outra viagem, foi infinitamente mais fácil e menos estressante, conseguimos fazer tudo o que queríamos. Então eu digo e repito: vale a pena fazer roteiro sim! Toma tempo, é cansativo, mas a qualidade da viagem foi outra. Recomendo muito.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!!

Outros Posts

Carregando...