quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

[#LMnaDisney] A escolha dos parques, roteiros e atrações



Agora que já falamos de escolha de passagem aérea e escolha de hotel, vamos ao mais legal, os parques! Confesso que esse planejamento todo é bem cansativo, eu tenho lido diariamente sobre roteiros, horários de parques, atrações e nossa, é de ficar louco.

Da primeira vez que fui tive envolvimento zero nessa parte e além de ter ido na pior época do ano (Natal e Ano Novo), já que está tudo lotado, havia pouca informação sobre montar roteiros. A verdade é que andamos muito e conhecemos quase nada, eu fiquei bem frustrada com aquela viagem - por esse e outros motivos que não cabem aqui - e achei que nunca mais voltaria pra Orlando. Mas minha cabeça mudou e eu fui me encantando novamente com a Disney. Aqui estou eu, entre sites, pins, planilhas, tentando montar um bom roteiro que agrade a todos. Mas vamos falar dos parques.

São quatro os parques da Disney e dois os da Universal e são esses que iremos visitar, então os parques aquáticos, Sea World, Legoland e Busch Garden ficarão de fora desse post. No nosso pacote compramos 8 dias de parque Disney e estamos planejando comprar dois dias de parques da Universal. Você, pessoa desavisada como eu já fui, pensa assim "ah, tá bom são x dias de parque que eu vou distribuindo conforme a necessidade, a gente acorda e vai pra um parque, no outro dia escolhe outro, fica na piscina do terceiro dia e assim por diante." Pare agora, amiga!



Primeiro que com o novo sistema de FastPass+, você tem que fazer seu planejamento com antecedência, já que deve agendar as atrações com, no mínimo 60 dias de antecedência se for ficar nos hotéis do complexo e 30 dias de antecedência se for ficar fora dos hotéis do complexo. Isso mudou tudo na hora de planejar a viagem. Quando eu fui não existia isso, o FastPass era de papel e se pegava na própria atração, dentro do parque. E ainda não consegui ir em várias atrações porque os passes tinham acabado e a fila era impraticável.

Aí você pensa de novo cara amiga "Ahhh, mas trinta dias é tempo suficiente pra agendar tudo, sessenta então... vou agendar faltando uns três dias pra viagem e tá bom." Para de novo e me escuta:



Algumas atrações são MEGA concorridas e a galera vai pro site da Disney à meia noite (Eastern Time, 3 da manhã horário de Brasília) do dia em que faltar sessenta dias pra viagem pra fazer o agendamento do FastPass+! Diz a lenda que para tirar foto com as princesas do Frozen é praticamente impossível até agendar o FastPass+ com essa antecedência e que as filas podem chegar a três horas de espera. Sério, o bagulho é louco. Eu já estou me planejando para entrar no site as 3 da manhã do dia 11 de Março pra deixar tudo agendado.



Então como você faz isso? Primeiro, você deve procurar no Google os Crowd Calendars para o período que você pretende visitar e verificar quais são os parques menos movimentados. O meu crowd calendar preferido você pode ver aqui. As informações podem ser conflitantes em alguns dias, mas na maioria das vezes eles acabam sendo bem semelhantes. Com o calendário em mãos, eu desenhei meu roteiro inicial de visita aos parques, deixando dias livres para passeios, compras e até mesmo curtir o hotel. Nosso calendário está assim:



Vermelho, verde e laranja significam as lotações para cada parque para cada dia, de acordo com o Crowd Calendar. Azul é o dia escolhido para visita, e obviamente ele é um dia marcado com verde (baixo movimento). E os dias zerados são nossos dias livres. Basicamente, salvo feriados e eventos, a maior concentração de pessoas nos parques Disney se dá de domingo a quarta e nos parques da Universal, de quinta a sábado.

A escolha das atrações e agendamento do FastPass+

Escolhidos os dias de cada parque, é hora de priorizar as atrações. As dicas iniciais são:

* Chegar cedo ao parque (pelo menos 30 minutos de abrir) e ir para as atrações mais concorridas (sem usar o FastPass+)
* Agendar os Fast Pass para meio da manhã, e começo da tarde, nunca para o final do dia (a não o Fantasmic);
* Entre os intervalos dos agendamentos, vá aproveitando as outras atrações do parque, vendo nos aplicativos as médias de fila e sempre de olho no horário (Wi-fi grátis em todos os parques \o/);
* Com os três passes usados, você pode agendar outro nos quiosques espalhados pelo parque e depois que usar, outro e assim por diante.
* Não é possível agendar dois passes para mesma atração, ou seja, você pode ir duas vezes, desde que seja um FastPass e um fila normal.
* Se você não usar FastPass+, pode ir quantas vezes conseguir em cada atração. Mas vai por mim, usa.

Para esse post não ficar tão enorme, no próximo post eu volto com as atrações de cada parque, priorizadas e também com a altura mínima para poder ir em cada brinquedo.

Seguindo todas essas dicas, sua viagem vai ficar assim:



2 comentários:

  1. Gente quão complexo pode ser uma viagem! Eu já fui à Disney três vezes....com 10 anos, 15 e 23 - e só tenho memórias incríveis! Agora que minha filha ta com 5 anos estamos querendo ir e procurando referências, encontrei esse blog. Mas aqui....Se a pessoa tem um mínimo de dúvida se está na hora de ir, depois de ler esse post, certeza que desiste! É uma operação de guerra!!! Wasn´t supposed to be fun??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Eu já fui em uma época em que o planejamento não era tão importante, mas hoje em dia considero fundamental, já que os parques estão cada vez mais cheios. Ninguém quer ficar o dia inteiro em filas ne?
      Essas são apenas sugestões, estou lendo muito a respeito e os grandes guias batem muito na tecla do planejamento.
      Abraços!

      Excluir

Agradecemos o seu comentário!!