segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Sobre primeiras vezes



A cada dia que passa, fazemos descobertas e quando temos um bebê em nosso ventre, tudo é novo. Tudo é a primeira vez.

A descoberta da gravidez, o primeiro ultrassom, o primeiro chute, o primeiro soluço dentro da barriga, o nascimento, o primeiro contato, a primeira mamada, o primeiro banho, a primeira troca de fralda, a primeira vez que dorme no berço, a primeira vez que dorme a noite toda. Tudo é novo, aquela sensação de frescor é evidente.

Você se prepara a gravidez toda para receber seu bebê e mesmo assim, parece que nunca fez nada algo parecido. Aquele curso de gestante, os livros de preparação são tão distantes da sua primeira vez como mãe.

Você ouviu a vida inteira que ser mãe é a melhor coisa do mundo, mas mesmo assim só tem certeza quando sente seu bebê nos braços.

E como descrever a primeira troca de olhares com o bebê? Ele vem para nosso colo e é como se ele sempre tivesse estado ali. É como se aquele momento durasse uma eternidade, pois é neste momento que você sente a pele dele, sente o cheiro, vê seu corpinho, tem certeza que ele é o bebê mais lindo do mundo, é um amor que transcende.

Aquele olhar do bebê ficará para sempre na memória, não existe na vida um primeiro encontro tão importante na sua vida. O cheirinho de um bebê é algo tão indescritível, que não há nenhum perfume que se aproxime dele. É o cheiro do seu bebê. E é único.

Pediatra, vacina, papinhas, a primeira assadura, sair de casa sem o bebê, o primeiro dia da escola, o primeiro dente nascendo, tudo isto é novidade para mãe também. A primeira febre, a primeira ida ao pronto socorro, o primeiro resfriado, o primeiro antibiótico, o primeiro exame de sangue, tudo isso parece novo e inusitado, mesmo que já tenhamos passado por isso com outros filhos.

O bebê já foi semanas na escola, mas é como se aquela segunda-feira fosse a primeira vez do filho. E essas primeiras vezes são sempre acompanhadas do medo. Medo da novidade. Não um medo que paralisa, mas um medo de descobertas.

Hoje apresentamos um pouquinho do que será nossos próximos meses com a parceira Hipoglós: o significado das muitas primeiras vezes na vida de uma mãe e de um bebê.

Eu, Ana Carolina do Loucura Materna, a Milene do Diiirce, a Beatriz do Mãe da Cabeça aos Pés e a Angi do Mãe de Guri estaremos neste projeto incrível da Hipoglós.

Uma marca que acompanha gerações, protegendo sempre, para acalmar o coração de mães que estão descobrindo um bebê que acabou de chegar!




A Hipoglós é sinônimo de proteção, unindo a vitamina A e D para nutrição da pele do bebê e garantindo tranqüilidade que na próxima troca ele estará sem assaduras. Só quem protege a 70 anos pode nos dar essa confiança.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!!