terça-feira, 9 de setembro de 2014

A tristeza de não ter um segundo filho


Quando vejo algumas mulheres dizendo que nunca teriam um segundo filho, isso me causa uma tristeza enorme. Veja bem, eu já estive nesse time depois que meu filho nasceu, eu não queria passar por tudo aquilo de novo. Então o que digo aqui é sem julgamento, pois cada um tem seus motivos, estou falando de mim, do meu sentimento de tristeza.

Imaginem vocês que meu sonho era de ter três filhos! Hoje eu vejo que isso é financeiramente inviável na minha realidade, porque ter filho é a coisa mais maravilhosa que já aconteceu na minha vida, mas vamos combinar que não é nada barato. Mas um segundinho, ahhh como eu gostaria de ter um segundo filho! Porém, por motivos de: falta de marido, não sei se a cegonha ainda bate aqui, sabe como é, não estou ficando mais nova a cada dia.

Eu sempre me lembro do planejamento da Rachel:


Agora que Eduardo está deixando de ser um bebê e virando um mocinho mais independente, começa a bater aquela saudade de bebê novinho em casa. E não é só por isso, adoro os momentos de carinho, dos cuidados, das brincadeiras. Claro que eu tenho tudo isso com ele, Dudu é um companheiro, nos divertimos muito juntos. Mas eu queria mais, eu nunca entendi as mães que tem medo de não amar tanto o segundo filho como amam o primeiro. 
Pra mim o amor só se multiplica!


3 comentários:

  1. Eu tenho por mim (e olha q sou meio bruxa viu) q esse segundo aí ainda vem! E eu vou bordar um bodyzinho lindo pra ele (ou ela rs)! beijo querida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Digno filhote da Thata ter um body Le Bourlegat!

      Excluir

Agradecemos o seu comentário!!