Em outras praias

segunda-feira, 7 de abril de 2014

O Dia que eu ganhei uma furadeira



Meu Pai, quer dizer, o Ursolão
Desde cedo eu sempre fui muito muito curiosa. Abria calculadora pra ver o que tinha dentro, trocava qualquer boneca por aqueles kits de ciências. Quando ganhamos nosso primeiro computador, peguei os manuais que vinham junto e ficava horas desvendando e aprendendo sozinha como programar algumas linhas de código #NerdMãe. Puxei isso do meu pai, homem mega curioso e mão na massa, sabe fazer um pouco de tudo dentro de casa. Meu pai raramente paga alguém para fazer um serviço, se precisamos de algo em casa ele pergunta, pesquisa, estuda e vai! No começo do ano, quando estava arrumando a casa nova pra mudar, meu pai colocou lustres, prateleiras, pintou paredes, instalou eletrodomésticos, enfim, sem ele estaria na casa da minha mãe até hoje! A gente carinhosamente apelidou meu pai de Ursolão, aquele da turma do Pica-Pau.

E se quando estava casada eu contava com a ajuda do marido pra qualquer coisa que eu precisasse - já que ele é tão mão na massa quanto meu pai - me vi sozinha e precisando de coisas como colocar quadros, prateleiras, papel de parede... e o que eu fiz? Perguntei, pesquisei, estudei e fui! Comecei com o papel de parede do closet, comprei aqueles que são auto adesivos, medi, cortei, ajustei e tcharam! Closet com cara nova! Depois disso um monte de outras coisas já foram feitas por mim: coloquei azulejos adesivos na bancada da cozinha, pendurei alguns quadrinhos pela casa e até montei no muque a cabeceira nova no meu quarto. Foi fácil? Não. Dava vontade de desistir? Ô se dava! Mas se eu não fizesse, quem ia fazer por mim, certo?

A bancada da cozinha, decorada com "azulejos". Eu que fiz tá?
Aí que no meu aniversário ganhei o presente mais legal de todos: Uma furadeira!! Faz meses que to namorando uma, mas e dinheiro sobrando pra comprar? Minha irmã, já sabendo da minha veia ursolística, não pensou duas vezes. Me fez uma supresa me dando a furadeira. Gente, fiquei tão feliz, pulava e berrava pela casa com o presente como uma criança que ganha brinquedo novo.

Já estou com mil planos pro meu brinquedinho, muitas muitas ideias! Coitados dos vizinhos, hahahaha. Aguardem os próximos capítulos!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!!

Outros Posts

Carregando...