Em outras praias

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

A escolha da maternidade - não está sendo fácil...

Estou bem irritada com este tema.
Muito irritada mesmo.

Quando fiquei grávida do JP, foi relativamente fácil, o médico indicou a maternidade em que ele atendia e fim.

Agora, o leque de opções de indicações é enorme. Tenho mais de 10 opções. Facilmente exclui algumas, uma o GO já falou que não atende, então teoricamente sobraram 3.

Fui visitar até agora 2. Saí com a certeza que o "sistema" tá todo errado.
E olha que eu particularmente exijo pouca coisa, penso mais na segurança do meu bebê (uma UTI Neonatal) e na indicação que é um local salubre para o nascimento.

Nestas visitas a maternidade vc é informado de tanta coisa inútil, realmente desnecessária que olha, vontade de perguntar pra pessoa que tá apresentando a maternidade se ela tá vendendo um hotel ou um local onde um bebê irá nascer.

Claro, que se possível quero as melhores acomodações, mas isto realmente não é o mais necessário. E onde está o interesse pela saúde, dos cuidados básicos com o bebê?

Teve em uma das visitas a apresentação do quarto super blaster luxo (não me lembro a denominação correta). Fiquei tão passada, que meu marido perguntou se eu tava bem.
O quarto, segundo a atendente, era excelente para recepcionar os convidados para visitar o bebê, possuia uma sala para receber os convidados, uma máquina de café blablabla, um local para fazer a mesa de recepção e um nicho para colocar as lembrancinhas. Além de ser permitido colocar balões e decoração personalizada por esta sala e pela varanda.
Sei lá vcs, mas eu tô indo parir e vai ter recepção com decoração personalizada? Ah acho que eu to muito errada neste mundo.
Cadê aquele quadrinho que coloca na porta e as lembrancinhas (simples) para oferecer a quem for VISITAR o bebê e a mamãe? Sim visitar e não fazer uma festa na maternidade.

Aí na outra maternidade a atendente me fala que o primeiro banho da criança é dada no vidro do berçário para os convidados assistirem e registrarem aquele momento tão sublime, além de contarmos com wifi em toda maternidade liberada para os convidados.

Quero dizer q a palavra convidado tá me deixando bem chocada.

Meses atrás, fui conhecer uma casa de parto, achei simplesmente fantástico. Simples, bem simples mesmo, sem convidados, sem wifi, sem festa com balão, sem momentos sublimes para os convidados registrarem. Achei bem legal. 
Devido a cesárea anterior, não tenho indicação para parto lá.

Ainda tenho mais uma visita a fazer, mas sinceramente só espero que não seja a venda a hotelaria e sim a estrutura para o recebimento do bebê, independente da via de nascimento.

PS 1: Eu, Ana Carolina, não tenho nada contra de quem faz festa na maternidade, só não entendo a real necessidade.
PS 2: Dois artigos sobre o assunto:
==> Cine Parto: http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2012/09/1161504-cine-parto-vira-festa-de-familia-com-espumante-em-maternidade.shtml
==> Festa na maternidade: http://vejario.abril.com.br/edicao-da-semana/festa-na-maternidade-699200.shtml

Um comentário:

  1. Sou traumatizada com convidados, festas e afins na maternidade. Armaram contra a minha vontade um circo dentro do quarto e minha vontade era mandar todo mundo embora, que ódio. Se um dia eu tiver outro filho, ng vai nem saber onde é a maternidade.
    Boa sorte na busca. VAI DAR TUDO CERTO AMIGA!

    ResponderExcluir

Agradecemos o seu comentário!!

Outros Posts

Carregando...