sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Ok é dia dos pais

Antes de comemorar o dia dos pais falando que o pai do meu filho é o melhor do mundo, penso em pontuar algumas coisas que estão aqui na minha cabeça.

Uma delas é pq o pai sempre é visto como herói. Ok, ok. Entendo muita coisa relacionada ao pai ser mais "forte" que a mãe no aspecto físico (nem sempre, mas vamos pensar assim), mas é só isto? Ser herói pq é maior fisicamente que a mãe?

Outra pai que ajuda em casa e com os filhos é o máximo. Né nada. Veja bem, tem que dividir as funções, não por imposição, mas pq se vc vive com alguém tudo deve ser dividido para todos usufruírem do lar, da família juntos.

Enquanto isto, vejo pipocar aqui e ali lições de vida de pais que criam filhos sozinhos e muita gente falando que existem mulheres que fazem o mesmo. Os pais são melhores sozinhos? Não acho. As mães são melhores sozinhas? Não acho também. Acredito que cada realidade é uma. E cada mãe ou pai sabe ou quer o que é melhor para o seu filho. Se um pai cria o filho sozinho ele merece o crédito, se a mãe o faz também.
Sinceramente existem muito mais mães que criam seus filhos sozinhas, sem o pai da criança por perto, sem eles nunca ajudarem e elas o fazem muito bem.

O que eu quero dizer com tudo isto? Que pai é algo importante na vida de uma criança, mas a mãe também. Um não tira a responsabilidade do outro em nada. Ambos são importantes na formação da criança. Se apenas a mãe está presente responsabilidade dela, se o pai ele é o responsável.

Deixemos de firulas, todos nós somos importantes na vida de nossos filhos.

Daqui

***

O pai do meu filho tem qualidades
O pai do meu filho tem defeitos

O pai do meu filho nunca desiste
Briga, coloca de castigo
Inventa monstros
Exige

O pai do meu filho sempre sorri
Abraça, morde,
Enche de beijos e
Elogia

O pai do meu filho
Conversa, diverte
Coloca pra dormir
Alimenta

O pai do meu filho educa
O pai do meu filho ama


FELIZ DIA DOS PAIS!!

Um comentário:

  1. É isso mesmo, dão tantos créditos para os homens quando eles fazem alguma coisa que é tão natural no dia a dia da mulher. Acho que deve haver o reconhecimento sim, mas não mais do que em se a mesma situação acontece à mãe. Boa reflexão.

    Beijos!

    ResponderExcluir

obrigada pelo comentário!