segunda-feira, 13 de maio de 2013

Mãe do coração

Imagem: Google

Hoje quero falar de um parir diferente, só que não! Não vamos conversar sobre parto normal ou cesárea. Vamos conversar sobre mães que tem um "parto" em sala de uma assistente social, em saguão de aeroporto, em frente ao juiz! Vamos conversar sobre MÃES DE CORAÇÃO!


Tenho sorte, MUITA SORTE em ter um irmão que não nasceu de cesárea como eu nasci (muita coisa se explica né?! rsrsrs). Nasceu no coração da minha mãe, com uma foto de um bebê bem lindo, que estava longe e que, para minha tristeza quando pequena, chegou de avião, e não da barriga! Mas acho que minha sorte foi ter uma mãe que soube amar, educar e colocar no caminho mega certo. Que é meu exemplo de amor, dedicação e carinho. Que não faz distinção de filhos, que mima todos iguais mesmo depois de todos casados e com os filhos.

Pedi pra ela escrever sobre isso, e muito acanhada minha mãe o fez:

Sou mãe de três lindos filhos: duas meninas e um menino. O filho homem é o do meio e é adotivo, eu prefiro dizer  filho do coração.

Ser mãe de quem não geramos é mais responsabilidade, por que  foi escolhido, procurado. 
No coração de mãe não tem diferença. Cuidar, dar carinho, estudo, fazer dele um homem, tudo isso foi um privilégio dado por Deus para mim. E agora estamos na expectativa do bebê que logo vem para coroar nossa linda história. 

Tenho certeza de que fui e sou muito abençoada pelo privilégio de poder abrigar um filho de Deus. 

Ser mãe é benção. Ser mãe adotiva é muito mais!

Ivoni Inez Amorim, enlouquecida pela Adri Amorim e seus irmãos de barriga e de coração


Se não chorei!
Se não morro de orgulho!

E aqui em Curitiba também tem passado na TV uma homenagem para as mães feita pela RPC (a Globo local), em que a jornalista Adriana Milczecsky conta como é ser mãe do coração. O vídeo é lindo!



Feliz todo dia das mães pra vc que é mãe, que é pãe, que é vómãe... Feliz todo dia daquela que cria com amor que só mãe tem! 


3 comentários:

  1. Adri, que lindo! Me emocionei! Realmente vcs são uma família de muita sorte e abençoada por ter o privilégio de acolher um filho do coração!
    Um beijo pra vc e outro pra sua mãe!

    ResponderExcluir
  2. Porque um filho adotivo é o que foi gerado no coração da mãe ao invés de ser na barriga, e não, ele não nasceu por um acaso, Deus tem motivos dos quais desconhecemos! E que venham mais mamães do coração

    Beijos
    http://irmacorujando.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Adri limpando lágrimas agora!!!
    Que família linda!!!
    :)))

    ResponderExcluir

Agradecemos o seu comentário!!