segunda-feira, 1 de outubro de 2012

A descoberta da Gravidez - A série. Por @RobertaGiandeli

A Roberta Giandeli mandou um texto contando como foi a descoberta da gravidez! Obrigada Roberta, adoramos o texto!

Olá meninas!
Vi o relato da Tati sobre a forma que ela descobriu a gravidez e fiquei com vontade de contar o meu também!


Bom, era Reveillon de 2009 para 2010 e fomos viajar, esqueci de tomar o anticoncepcional alguns dias, em outros tomava na hora errada, mas enfim, quando eu lembrava eu tomava... Voltamos de viagem e continuei tomando o remédio normalmente, todos os dias. Aquela cartela terminou e eu esqueci de comprar uma nova (responsabilidade zero né?), fiquei enrolando e não comprei o remédio, aí já não lembrava mais quando eu tinha que começar a tomar o remédio novamente. (Memória boa, a gente NÃO vê por aqui). Daí resolvi esperar a menstruação vir e no primeiro dia eu compraria o remédio e recomeçaria a tomar. E aí ela não veio, mas como eu nunca fui assim tão certinha eu nem liguei, apenas continuei esperando...
Um belo dia eu acordei cismada, fiquei passando a mão na barriga com a certeza de que já estava grávida. Saí do trabalho, comprei um teste de farmácia e fui pra casa. Fiz o teste e PÁ!! Positivo!! Joguei tudo no lixo, escondi qualquer vestígio e prometi a mim mesma que só contaria pro marido e pra qualquer outra pessoa quando tivesse certeza, ou seja, quando fizesse o BETA.
Não consegui, claro. Contei pra uma amiga, ela aliviou aquela vontade louca de contar pra alguém sabe?
Pois bem, no dia seguinte, lá fui eu pro laboratório, pagar R$ 26,00 pra fazer o exame que só ficaria pronto as 16h. Nunca troquei tanta mensagem com aquela amiga. Nunca esperei tanto chegar as 16 horas. Nunca tive tanta vontade de sair abraçando todo mundo, rs.
Às 15h55 entrei no site do laboratório e lá estava o resultado. POSITIVO!!!
Mandei o seguinte e-mail pro marido:

"Papai, hoje eu acordei muito mais cedo que de costume, e olha que eu gosto muito de ficar
dormindo, aqui onde eu estou é bem quentinho e confortável...e isso me dá um soninho...Eu fico quietinho o dia todo, não dou trabalho, nem sei como a mamãe desconfiou... Então, ela levantou, pegou um potinho e ficou tentando fazer xixi dentro dele. Papai, por que a mamãe não usou o vaso como faz todos os dias? Bom, depois disso ela colocou lá uma fitinha e ficou andando de um lado para o outro... Eu ainda tava com soninho, mas com ela andando assim não tinha como dormir... Quando eu estava quase dormindo, o coração dela disparou e batia tão forte! Nossa! Eu não entendi muito bem, mas parece que ela estava dizendo: Positivo! Positivo! Ela ficou em silêncio falando com Papai do Céu e depois ficou pulando e dando risada... Que será que deixou ela tão feliz, hein? Papai, tome conta da mamãe Roberta porque ela vai ser meu hotelzinho por mais uns meses, até eu poder ver você, escutar a sua voz e poder conhecer você.. Vou ficando por
aqui... Fica com Deus e eu te amo muito, pai! Seu(sua) filho(a)."

Daí imprimi o resultado do exame e fui falar com a médica da empresa. Não queria ficar na minha mesa porque tava com um pouco de medo da resposta do marido, rs. A médica disse que eu estava gravidíssima, me deu parabéns e tals. Fui falar com a chefe, que recebeu a notícia com muita alegria, afinal ela também estava grávida, e na verdade ela já estava desconfiada da minha gravidez.
Enfim, voltei pra minha mesa e tinha uma resposta do marido meio evasiva, meio que me perguntando se eu daria uma notícia tão séria daquela forma. Liguei pra ele chorando e disse que ele tão tava feliz e tals, mas ele me tranquilizou, disse que tava tudo bem, mas estava muito surpreso e tals... Depois do choque foi só alegria!

E aí chegou a hora de contar pro restante da família. Ligamos pros meus pais, pros meus sogros e fomos contando.
Mandei uma mensagem no celular da minha irmã dizendo que já que ela teria que comprar um pacote de fraldas pro chá de bebê da minha prima, que ela comprasse um pro meu bebê também. Ela me ligou desesperada, me xingando, dizendo que aquilo não era jeito de contar isso, rs...

Fomos ligando pros amigos, pra família e enfim, curtindo a cada "Parabéns".
Em maio veio a confirmação de que era um menino, embora eu tivesse certeza de que era menina, rs...
E em outubro o João Pedro nasceu!

Eu não fiz book durante a gravidez, mas essa foto é instantes antes de entrar na sala de parto. Já sabia que meu médico estava a caminho e já sentia algumas contrações.


Desculpe o grande texto, mas foi muito legal relembrar detalhes dessa história, senti cada emoção, cada alegria novamente... Deu até vontade de ficar grávida de novo hahaha... E já sei como vou contar pra todo mundo quando eu engravidar novamente, mas é surpresa rs
=)

Roberta Giandeli

3 comentários:

  1. Adorei seu texto Roberta!!!
    Os "Joões Pedros" são o máximo, sempre nos enchem de amor!!!
    Beijos,
    Ana Carolina

    ResponderExcluir
  2. Obrigada por compartilhar sua história com a gente, muito legal!
    E sempre que quiser mandar um texto, já sabe né? Será super bem vinda!
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Obrigada meninas! Amei minha primeira postagem...
    =)
    Beijos

    ResponderExcluir

Agradecemos o seu comentário!!