terça-feira, 19 de junho de 2012

Crianças e seus Super Poderes



Você pode achar que não, mas assim como eu, você também deve ter uma criança com super poderes. Quer ver só?


Poder da Energia Infinita: Crianças que acordam as seis da manhã, não dormem durante o dia e as onze da noite estão pulando na cama e correndo pela casa são dotados deste super poder. Baseado numa história real, snif.


Poder da Fotossíntese: É a capacidade de passar o dia inteirinho sem comer nada e nem reclamar de fome, graças à capacidade de transformar o ar que respiram em energia suficiente para recusar qualquer alimento que seja oferecido, principalmente se for na hora que estiver passando Backyardigans.


Poder de se transformar em pedra: Sabe aquela hora que você tem que colocar a cria na cadeirinha do carro ou no carrinho do supermercado e a pessoinha endurece o corpo inteirinho e não senta por nada? Sabe? Então seu filho também tem esse super poder!


Poder dos braços elásticos e da multiplicação exponencial do próprio peso: Esse podeR se manifesta principalmente naqueles momentos de pressa, em que você pega na mão da criança e ela se ajoelha no chão, multiplicando seu peso e ao mesmo tempo transformando seus braços em flexíveis elásticos. Você puxa, puxa, puxa, o braço veeeem, mas a criança não sai do lugar.


Poder do Grito Supersônico: Geralmente esse super poder se manifesta quando outras super crianças estão por perto. Eu ainda acho que rola uma aposta secreta entre eles de quem grita mais alto e mais fino.


Poder da Bipolaridade Instantânea: Em questão de segundos a criança faz a mutação de ser super fofinho-cute-cute-vou-apertar-sua-bochecha para um pequeno monstrinho da Tazmânia. E vice-versa. Ad eternum.


Poder de Matar qualquer mãe de tanto orgulho: É aquele momento que você nem está esperando e ouve espontâneamente um "Obrigado mamãe" ou ganha um beijinho sem implorar de joelhos pedir e vê que mesmo achando que não, está sim fazendo a coisa certa e que crianças são assim mesmo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

obrigada pelo comentário!