quarta-feira, 30 de maio de 2012

#MãeDeCesárea???


Honestamente me irrita muito quando alguém se refere como #MãeDeCesárea sobre um comportamento teoricamente duvidoso em relação aos filhos. Digo teoricamente porque o que é considerado duvidoso por mim pode não ser considerado por você e vice-versa. Usar esse termo na minha opinião é de mau gosto e inadequado. Mãe que fez cesárea não é menos capacitada como mãe só porque fez cesárea.

A questão é que existem alguns pré conceitos inventados sei lá por quem dizendo o tipo de parto vai definir toda sua trajetória como mãe, quer dizer:

Mãe que fez parto normal: vai amamentar exclusivamente e de maneira prolongada até x anos, vai alimentar somente com alimentos orgânicos, naturais e integrais, nunca vai oferecer chupeta, seus filhos serão eternamente saudáveis e com QI elevado, etc etc

Mãe que fez cesárea: vai amamentar até os seis meses e olhe lá, vai entupir os filhos de porcaria, vai dar mamadeira e chupeta, seus filhos serão cheio de doenças, irão mal na escola, etc etc.

Não é o tipo de parto que define seu comportamento como mãe e não assegura a ninguém cadeira cativa no inferno ou no paraíso. Estão aí pra comprovar as mães que tem seus filhos dentro do banheiro de um hospital ou no meio da rua e os abandonam numa lixeira ou na beira de um córrego. Seriam elas #mãesdecesárea que tiveram parto normal? Entende o que eu digo?

Conheço muitas mães que fizeram cesárea que amamentaram seus filhos até mais de um ano, que cuidam muito bem da alimentação deles e dão a melhor criação possível. Assim como conheço mães de parto normal que são extremamente relax com seus filhos. E relax não quer necessariamente dizer que são mães ruins, MÃESDECESÁREA.

Olha que nem estou falando da eterna discussão entre PC e PN, Deus do céu, nem entro numa briga assim! Estou me sentindo ofendida como uma mãe que optou sim por uma cesariana (agendada, consciente, bla bla bla) e que faço de tudo pra que meu filho tenha as melhores referências na criação dele, faria de qualquer forma, independente do tipo de parto e me sinto extremamente incomodada quando alguém usa essa denominação para tentar se desonerar de um comportamento que pode ser julgado como duvidoso ("Nossa, dei um brigadeiro pro meu filho #Maedecesarea"). Isso não abona ninguém, nem manda ninguém pro céu.


Em tempo, nem estou me referindo ao perfil recente que surgiu no twitter, o @maedecesarea. Esse termo já havia surgido antes da minha indignação. Não conheço essa pessoa, nem sei quem é e na verdade pouco me importa.

5 comentários:

  1. Eu tb fiz cesárea e já entrei na brincadeira... Eu mesmo digo: hoje fui @maedecesarea blá blá blá
    Tb fiz um post sobre os partos e q brincadeira da @maedecesarea
    Já nem ligo. ;-)
    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Ola
    Pior que eu te digo que o preconceito contrario também é verdadeiro. Estou gravida e optei pelo normal ( caso seja possivel) e sofro sim olhares abismados de pessoas que so faltam me chamar de bicho. Ja ouvi inclusive que é parto de cachorro. Querer parto normal virou antiquado e over para a mulher moderna. Também me indigno qdo as pessoas logo vem contar uma historia de parto normal fracassada. É triste o ser humano parece q ta sempre disposto a colocar as pessoas para baixo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não escute! Faça o que for possivel! Se der certo o parto normal, faça, mas se complicações surgirem não hesite em fazer uma cesárea de última hora. A mãe tem todo direito de escolha. Seja o desejo que for!

      Excluir
  3. Interessante é que uma mãe me disse uma vez que eu deveria ter preferido o parto natural, justamente por causa da minha condição gestacional. Interessante .... Era gravidez gemelar e com Pre Eclampsia. PODE ISSO?? Até onde chega o bom senso?!

    ResponderExcluir

Agradecemos o seu comentário!!