segunda-feira, 7 de maio de 2012

Convidada especial: Sogra é sogra, mãe é mãe? por Marcela Feilhaber


A Marcela mandou esse texto super fofo declarando o amor à Sogra. Viu gente? Aqui a gente também fala de Sogra-Legal, não é só Sogra-Coral não!!

Minhas avós nunca foram boas sogras são daquelas que não perdem uma oportunidade de jogar veneno e alfinetar as noras e até a palavra “sogra”, assim como madrasta, soa feio.

Me mudei para Argentina quando comecei a namorar meu marido e logo o relacionamento ficou sério e nos casamos. Eu nunca criei expectativas de ser bem tratada pela minha suegra, tive péssimos exemplos de sogras na família e além disso somava o fato d’eu ser Brasileira (que que tem a ver? Sei lá!) e ela judia (somos judeus sei bem como é).

Mas a verdade é que minha sogra é mãe de 3 meninos e sempre quis ter uma filha. Eu fui a primeira namorada do filho mais velho que ela conheceu e a afinidade bateu de cara. Somos parecidas, ela é trabalhadora, cabeça dura e mandona, como eu! Quando ela viaja me compra brincos, pulseiras e lenços coisa que ela deve ter sentido falta de comprar pros meninos. Me manda dicas de lojas de roupa e sites , além de tudo ela é super ligada em moda e decoração.

Depois veio o meu filho, primeiro neto dela e o medo, afinal todo mundo dizia “tua sogra é boazinha? Espera você ter filho!”. Ela foi a primeira pessoa a vir na maternidade e foi babona mas respeitosa. Nunca se meteu onde não era chamada mas foi uma das pessoas que mais me deu força quando eu insistia na amamentação exclusiva e Zack não engordava. Quando voltei a trabalhar, Zack não tinha nem 4 meses e ela ficou o primeiro mês inteiro indo lá todo dia pra casa cuidar dele, tem como não ser grata?

Acho que como em todos os relacionamentos é necessário ter afinidade, respeito e carinho. Algumas coisas vem com a sorte e outras se conquistam. Ela me trata muito bem mas acho que é reciproco, eu dei a chave da minha casa e entrego meu filho pra ela com os olhos fechados. Sei que a maioria das avós paternas não tem os mesmos benefícios que as maternas mas pra mim avó é avó. E se ela criou o meu marido tão bem porque não confiar meu filho?


E se algum dia minha mãe ler este texto pra que ela não fique triste: amo minha sogra mas mãe é mãe!

Por isso que a sogra da Marcela recebe o diploma "Sogra Legal" aqui do Loucura Materna:


E se você também acha que sua sogra merece esse diploma, manda seu texto falando sobre sua sogra! O e-mail é loucuramaterna@yahoo.com.br.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!!