segunda-feira, 23 de abril de 2012

Convidada especial: A perfeição virtual por Thania Strina

Hoje temos como convidada a mamãe da Anna Laura, a Thania Strina, que mantém um diário super sincero e bem humorado sobre seu dia-a-dia como mãe, esposa e mulher.


***


Eu amo blogar.


Faço isso por prazer, faço pela Anna, mas claro, faço por mim, pq eu gosto, pq escrever é minha válvula de escape desde sempre, pq muitas vezes eu me vi sozinha sem ter com quem conversar e desabafar, eu corri pro blog e fui ouvida, acarinhada, abraçada, amada!


Não me considero uma blogueira profissional, não faço sorteios aqui (embora adoro alguns sorteios pela net..rs), não faço propaganda, não tenho parceria comercial com nada nem com ninguém. Faço pelo amor ao meu cantinho, criado ha 2 anos, com amor e carinho por essa q vos escreve!


Mas mesmo amando, me dedicando o máximo q eu posso, comentando no máximo de blogs q eu leio e gosto, as vezes eu desanimo.
Não com vcs, amadas leitoras, mas com alguns blogs alheios q circulam por aí.
Na vdd, desanimar ñ é a palavra, mas sim chatear.
Principalmente blogs maternos.
Tem MUITA mãe blogueira perdendo a mão né minha gente.

Eu ainda não sei qual o prazer q algumas mulheres tem em se vangloriar, em deixar exposto ao mundo q são melhores mães do q qlq idiota q esteja lendo, q os filhos são muito mais perfeitos q qlq bebê da face da Terra e q o resto do s bebês e filhos alheios são aprendizes, precisam de muito arroz com feijão para chegarem onde o filho(a) dela chegou.
Putz, isso cansa hein!
Não vou dar nome aos bois, mas tem blog por aí que, se eu fosse uma pessoa fraca e pré-disposta à depressão, eu já teria me matado alegando ser a pior mãe do século ao ler, pq né!
É cada pérola, q por Deus.


Ok a pessoa se achar melhor q as outras pq é natureba, pq não come carne (até aí eu tb não como, mas não por dó do pobre boi, e sim por mim q ñ tenho paladar pra isso), pq teve PN sem drogas por favor de cócoras na sua própria jacuzzi...mas isso não a torna a melhor mãe ever do mundo inteiro!


É muito bonito falar q o filho mama exclusivamente no peito com 2 anos e 5 meses de vida (isso é hipotético, pelamor hein...rs), q come somente coisa orgânica, que não vai à escola pq lugar de criança é com a mãe até pelo menos os 17 anos de vida (hipotético tb...rs...eu não sou louca, eu juro!) , que usa fraldas de pano lavadas na bica do riacho pq isso sim é ser ecologicamente correta, q o filho é criado como índio pq no século 21 isso é moda, etc e tal.
Mas a vida real é tão, mas tãããão diferente dessa babozada toda né!


Não existe melhor mãe ou melhor filho. Existe maneiras distintas de se criar um filho, isso sim!
Amamentação exclusiva é linda. Pra mulheres q podem se dispor a ficar em casa sem trabalhar durante 6 meses.
Mas gente, aqui é Brasil, e a gente sabe q 6 meses de licença e coisa rara. Ou é pra funcionária pública, ou bancária. O resto das profissões isso é facultativo, e estamos falando de patrões, e eles não querem segurar a bronca desses 2 meses bonus track sozinhos né. Pra q?


Sobre a alimentação eu já fiz um post sobre isso, eu sou porra louca mesmo, não me arrependo, mas respeito quem não é.
Sobre o filho ir à escola cedo. Foi isso q me chateou num blog aí.
A pessoa fez um post lindo dizendo o qto é importante q os pais fiquem com a criança até tantos anos, q escola estraga, o caralho a quatro!


Pára né.


Vc dizer da SUA experiência é uma coisa. Julgar quem coloca o filho na escola com a idade q seja, já é imaturidade.
Entendo as necessidades q um bebê tem de ficar com os pais, mas SEI das vantagens q se adquirem qdo o filho vai à escola cedo.
Nem to aqui pra falar disso, nem das minhas convicções sobre isso!
Só acho q tem muita gente por aí no mundo virtual tentando esfregar na nossa cara o quão pobres, feias, falidas, péssimas mães somos!
O q tem de vidinha cor de rosa por aí, né brinquedo não!


Muuita gente critica meu jeito de postar.
Eu exponho a minha vida, muitas vezes intimamente falando (vide o post sobre sexo!), reclamo a beça, choro as pitangas.
Mas eu sou assim. Eu posto no blog como se eu estivesse conversando com minha melhor amiga, sabem!
Eu falo da vida real, infiltrada na vida virtual.
Eu não separo essas "duas vidas".
Pra mim uma é extensão da outra e eu não necessito mentir, inventar, aumentar absolutamente NADA.
Minha filha não é perfeita.
Vixe, nem de longe.


Eu já disse q eu não durmo, não disse? Pois é. Anna não dorme. E eu tb não.
Minha filha é manhosa pra kct. Birrenta. Chata muitas vezes.
Eu tb nem de longe passo perto da perfeição.
Vcs sabem. Eu não faço sexo tanto qto eu queria, ou tanto qto meu marido queria.
Sou uma pessoa chata, sem graça, gordinha, descabelada (pó parar, progredi essa semana, sou tudo, menos descabelada...kkkk).


Não preciso vir aqui e ficar trollando, falando coisas q eu não sou, coisas q eu não conheço!
Eu prefiro ser criticada, eu prefiro parecer pra vcs aí do outro lado q eu sou uma pessoa PORRE, do q tentar viver uma vida de mentira...


Quem me conhece pessoalmente sabe...
Beijos




Post publicado originalmente no Blog Pequeno diário de Anna Laura.

10 comentários:

  1. Garota vc expressou tudo o q eu queria dizer!

    Aff... foi quase um desabafo meu tb!
    Pq olha, te contar, viu... é cada coisa absurda q a gente lê na blogosfera materna! Mãe q ñ tem o q fazer (parece até paradoxal isso) e só quer trollar as outras, mãe frustrada-recalcada q cria blog pra postar coisas estapafúrdias e dar patada nas mãezinhas q discordarem e por aí vai...
    Olha eu já me estressei mto c/ uma maluca aí, mas agora já entreguei a g-zuis rsrsrs Tento ficar longe dessas coisas e me concentrar na parte boa da blogosfera e da twittosfera materna.
    Não sou mãe perfeita (hahaha tenho medo da perfeição) e meus filhos são maravilhosos, pelo menos para mim rsrsrs
    Seria bom se todas entendessem que não existe fórmula mágica pra maternidade. O que existe é mto amor pelas crias e o desejo de fazê-las pessoas melhores do que nós... e cada MÃE tem um jeito diferente de amar e cuidar.
    Viva a diversidade, o respeito e o bom humor!
    Bjs da Anna

    ResponderExcluir
  2. Disse tudo Than! Tudo que há muito tempo está entalado na garganta de muita gente!
    Concordo com cada palavra. Parabéns pelo post e obrigada por nos deixar publicá-lo aqui no LM.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Ameeeei!! Vou lá agora conhecer o seu blog pq olha, tá tão difícil encontrar gente DE VERDADE nesta blogosfera materna, viu??
    Eu tb to de saco cheio destas xiitas da maternidade alheia e ainda mais destas outras q dizem q tudo é uma festa, ah vá! rs

    Bjo!

    Loreta
    @bagagemdemae 

    ResponderExcluir
  4. nossa palmas para o teu post...infelizmente o blogsfera materno mudou bastante, é muita disputa, é muito gente querendo saber mais que você, cada uma com seu filho, cada uma com a sua experiencia...cabe a nos saber respeitar o próximo..beijos.

    ResponderExcluir
  5. Adorei!!!
    Sinto que esta competição não é saudável. Tem horas q me pergunto para que tudo isto, em função do que.
    Beijos,
    Ana Carolina

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pelo texto e bem vinda ao mundo real onde nós somos reais!

    ResponderExcluir
  7. Adorei!! As vezes leio essas 'perfeitas' e me sinto até mal..mas depois lembro que pode estar bem longe da realidade delas.
    Bjs!
    Mãe do Theo

    ResponderExcluir

Agradecemos o seu comentário!!