quarta-feira, 25 de abril de 2012

Antes da chegada dele...

Fonte: Google

A minha casa estava sempre arrumada
Eu sempre chegava no horário no trabalho (Tá, nem sempre)
E eu estava sempre impecável
Entrava numa loja e fazia compras como se não houvesse amanhã
Ia ao cinema, ao teatro, ao shopping quando quisesse
E estava sempre disponível pra uma voltinha
"Vamos sair?" "Claro, daqui a pouco tô aí!"

Antes da chegada eu viajava pelos quatro cantos
Dormia até não sentir mais sono
E ia tomar café na padoca aos finais de semana
Chegava do trabalho e me jogava em frente a TV
Ficava horas no computador
Tomava aquele banho, fazia rotinas demoradas de beleza
Ou batia um bom papo com as amigas pelo telefone

Antes da chegada dele saía sem hora pra voltar
Pra mim sling era coisa de mãe doida
E mães: "credo, elas só falam dos filhos!"
Eu não sabia que não era legal dar roupa branca pra bebês
Nem sabia que bebês não podiam comer danoninho
Aliás, quem recheava a geladeira de danoninho era eu
Antes de chegada dele eu achava que criança birrenta era culpa dos pais
Que criança chata era culpa dos pais (às vezes é)
Que se um filho meu tivesse um ataque do bode em público eu saberia como lidar
Achava que não se pode mimar os filhos
E que toda criança tinha um padrão de desenvolvimento

Antes de chegada dele eu não sabia o que era passar noites em claro
Eu não sabia medir temperatura encostando na testa
Nem entendia como era possível decifrar cada expressão do rosto de alguém
Eu não sabia o que era chorar quando se tem vontade de rir
Eu nem sabia que eu podia amar tanto alguém sem pedir nada em troca
E que sentir raiva-culpa-amor tudojuntoaomesmotempo era uma coisa tão doida


Antes da chegada dele eu achava que tinha tudo
E hoje olhando pra trás eu vejo que eu não tinha nada

9 comentários:

  1. Nossa que lindo!!Me emocionei até!!Lindo, Lindo!!

    ResponderExcluir
  2. Disse tudo... filho vem pra preencher um espaço que não sabíamos que estava vazio...

    ResponderExcluir
  3. ahhhh, que lindo!! acho que nenhum sentimento no mundo consegue ser tão intenso, tão controverso e tão verdadeiro como amor de mãe! parabéns pelo texto!!

    ResponderExcluir
  4. Muito lindo mesmo...acho que é bem assim que a maioria das se sente.

    ResponderExcluir
  5. Thaiz,
    Obrigada pelo comentário! Editei o post com os devidos créditos
    http://maedaanita.blogspot.com.br/2012/04/antes-dela-chegar.html
    Obrigada

    ResponderExcluir
  6. Obrigada Karina!! :)



    Em 27 de abril de 2012 11:01, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir

obrigada pelo comentário!