segunda-feira, 19 de março de 2012

Profissão mãe e Fotografa - Por Janaína Lucinda


Sou a Janaína Lucinda, casada, 33 anos e mãe da Gabriela de 6 anos e do Guilherme de 3 anos, antes deles minha profissão era ligada a minha área de formação, sou graduada em Administração de empresas com enfase em gestão de negócios e pós graduada em Recursos Humanos. Trabalhei 10 anos na área, nesse tempo minha profissão era meu foco, eu trabalhava e não me importava com horários ( de saída principalmente), morei em São Paulo por 1 ano e meio, viajei todo o Brasil dando treinamento nas demais filiais da empresa, de certa forma eu tinha grande importância para a empresa, pois nesse longo tempo eles investiram muito em mim. Mas quando retornei de SP, casei e engravidei, foi ai que comecei a pensar no horário que eu saía, nas viagens que eu tinha que fazer... enfim no tempo que eu dedicava a empresa e deixava de viver minha vida. Quando retornei na minha Licença Maternidade, que pasmem, durante os 4 meses eu tive que trabalhar em home ofice pois eu era a responsável pelo RH da filial de Curitiba, eu recebi a proposta de ser promovida e transferida para Ribeirão Preto/SP. Minha resposta foi rápida e decidida: NÃO VOU, e claro, fui demitida.
Ser demitida de um multinacional, tendo um ótimo salário, deveria ser a ultima coisa que a pessoa quer. Mas para mim foi a MELHOR coisa do mundo, senti falta no começo, mas logo me adaptei a vida de MÃE 24 horas, troquei datas, burocracias, treinamentos, problemas da vida dos outros por sorrisos, amor, fraldas, mamadeiras, conversas sobre filhos e AMEI... percebi que a vida pode ser encantadora e a importância de estar com ela em casa... tanto gostei da vida de mãe que logo engravidei do meu segundo filho.
Hoje, apesar da minha formação, experiencia, o bom salário que a área oferece e das várias propostas para voltar ao ramo, não pretendo voltar a trabalhar em RH. 
Gosto da minha vida como está, acordo com os meu filhos, adoro poder acompanhar as brincadeiras, as conquistas, os sorrisos, os desafios, as briguinhas, os choros.... estar presente em todos os momentos não tem preço. 
E foi então que a fotografia entrou na minha vida... antes do meu filho melhor completar 1 ano, comecei a colocar em prática essa paixão e foram justamente eles que me fizeram olhar a fotografia com outros olhos... Ver a importância de registrar cada momento, a essência que a foto traz, comecei a colocar em prática e hoje simplesmente AMO o que faço, E alem de poder fazer o que gosto, posso estar com os meus filhos, faço meus horários, quando estou em um evento ou uma sessão fotográfica, eles estão com o pai e isso faz com que ele valorize o papel de pai e principalmente o meu de mãe.
Hoje quando me perguntam o que vc faz e eu respondo SOU FOTOGRAFA, nossa me olham com um olhar de espanto... pensando "nossa estudou tanto para ser fotógrafa?" . Pois aqui vai minha resposta:Passei anos da minha vida estudando, convivendo com diferente pessoas e posso dizer que isso vem contribuindo para minha nova profissão, mas a fotografia direcionou meu olhar para as coisas mais importantes da vida... e acho engraçado dizer isso, mas tenho aprendido muito mais como fotógrafa do que aprendi em anos de faculdade. E o importante para nossa vida é fazer o que gostamos e não o que a sociedade julga melhor. E aos que acham que me sinto diminuída profissionalmente... enganam-se. AMO ser fotógrafa, pois tive ganhos em todos os sentidos, qualidade de vida, afetivamente, financeiramente... tem coisa melhor que isso?


Janaína e seus filhos Guilherme e Gabriela

7 comentários:

  1. ADOREI... me vi na historia! Parabens Janaina....

    ResponderExcluir
  2. Adorei sua história Janaína. Hoje vivo a situação que vc vivia, mas nunca considerei largar o trabalho, principalmente por causa da questão financeira. Sei que perco muito da criação do meu filho e isso me dói bastante, mas são sacrifícios que tive e tenho que fazer justamente por ele.
    Desejo muito sucesso na sua nova profissão!!!

    Obrigada por compartilhar sua história aqui no Loucura Materna! Grande Beijo!

    ResponderExcluir
  3. Eu conheço a Jana, ela é uma pessoa maravilho, uma mãe dedicada!
    Parabéns pela coragem de "recomeçar" e fazer o que realmente faz vc feliz!

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Janaína que história legal!!!
    Sucesso para vc!
    Beijos,
    Ana Carolina

    ResponderExcluir
  5. Adorei sua história!

    Concordo que não tem nada melhor que ficar ao lado dos nossos pequenos!
    Obrigada por compartilhar com a gente!
    Beijo

    ResponderExcluir
  6. Nada melhor do que ficar com os filhos mesmo!

    ResponderExcluir
  7. Janaina, sou testemunha do seu crescimento como fotógrafa, admiro muito sua força de vontade e amor pelo que faz,  e isso, não tem preço mesmo!

    ResponderExcluir

Agradecemos o seu comentário!!