segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Sacolas, cigarro...

Sou a favor da abolição das sacolinhas de plástico, há tempos não usava as do mercado. Onde costumo fazer compras, eles davam desconto (1 ou 2 centavos) a cada 5 produtos se eu não usasse a sacolinha, e eu mezo muquinha, mezo pensando na importância de mudar os hábitos, já usava caixa de papelão ou a minha sacolinha q sempre está dentro da bolsa. Sou antipática mesmo.
             
Aí vai ter gente falando que quem tá lucrando com isto é o Abílio Diniz, que eu já pago a sacolinha quando compro qualquer produto. Bem, eu sei disto. Mas não posso pensar que o senhor em questão vai ficar mais rico e eu mais pobre sem pensar que preciso preservar o planeta para eu e minha família vivermos melhor. Vai vir outra pessoa falando que o saco de lixo também é de plástico, blábláblá, gente, vcs conhecem coleta seletiva? Separar o lixo? Colocar o lixo numa caixa? Tem outras formas, mude seus hábitos e para de pensar no Abílio Diniz.

Quem não se lembra que alguns anos atrás tínhamos sacolinhas de papel e elas foram trocadas pelas de plásticos. E sabe pq isto aconteceu? Pq foi mais barato pro mercado e ninguém reclamou que o Abílio Diniz ia ficar mais rico com isso. E não é pq não tínhamos internet, ou não pensávamos tanto no meio ambiente e sim pq continuamos na nossa zona de conforto, não precisamos mudar hábitos.

Acho muito importante mudarmos os hábitos independente de leis que nos obriguem, mas se alguns hábitos dependem de leis pq não?

Quando o cigarro foi proibido nos ambientes fechados, muitos bares, restaurantes e afins falaram que iam perder clientes, que o Estado não podia determinar sobre isto, que era abuso. Não achei nada disto, uma vez que um fumante está ciente dos problemas que o cigarro pode causar em seu organismo e assume isto para si, e eu que não fumo tenho que partilhar de um cigarro alheio, mesmo sem ter a menor vontade disto? Então por isto aprovei e aprovo a lei.

Me acostumei tanto com a lei, que quando fui para outro estado, que não tem a lei, achei um absurdo total as pessoas fumando em restaurante, bares e ao lado de crianças (que deselegante, beijo Sandra!). E um dia que fui em um show para crianças, mas em local aberto, um monte de gente fumando? Para que isso?

E aqui coloquei apenas dois exemplos de hábitos que foram mudados por força de lei/acordos, mas que poderiam ter sido mudados sem lei nenhuma. Pq todos nós sabemos que fumar não faz bem para ninguém, que sacolinhas demoram séculos para se decompor, que reduzir o consumo ou reciclar é a melhor coisa pra todos.

São hábitos que devemos mudar em prol de um bem comum, num momento ou em outro isto iria ter que acontecer.
           
   

22 comentários:

  1. Quero parabenizar  Ana Carolina Amado por este brilhante desabafo. Consciência ambiental não é para todos. Só aqueles que prezam a zona de conforto, ricos ou pobres, ou empresários inescrupulosos que almejam o lucro acima de tudo, são contra uma iniciativa como essa, que vai tirar do meio ambiente 7 bilhões de sacolinhas plásticas por ano no Estado de São Paulo. Seu relato é extremamente coerente e dá uma chacoalhada na consciência dos poluidores.

    Joaquim Ferreira - gerente de comunicação da Associação Paulista de Supermercados.

    ResponderExcluir
  2. Sabe que aqui em Bh ja tem 6 meses que essa lei vigora, e vejo que a população se acostumou, fora euzinha qui que tenho coleção de sacolas biodegradaveis em casa rs  Eu sempre esqueço de levar, realmente os hábitos mudam e como você disse que pena que precisa de lei para conscientizar as pessoas.

    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Pra ter bom senso não é necessário leis.
    Beijos, 
    Ana Carolina

    ResponderExcluir
  4. Muito bom, temos que mudar nossos costumes ;)
    beijos. 

    ResponderExcluir
  5. Mudar costumes nem sempre é fácil.
    Beijos,
    AnaCarolina

    ResponderExcluir
  6. Vamos juntas mudar para melhor!
    Beijos,
    Ana Carolina

    ResponderExcluir
  7. Agradeço muito sua presença em nosso blog.
    Ás vezes mudar uma atitude é complicada, mas em geral, é apenas uma fase de adaptação.
    Sempre conte conosco em busca de soluções para uma São Paulo melhor.
    Abraços,
    Ana Carolina

    ResponderExcluir
  8. Ana, realmente este assunto é muito pertinente. 
    Muitas vezes só conseguimos criar hábitos quando estes nos são impostos... lembra do cinto de segurança, cadeirinhas para crianças etc... São hábitos que geram frutos bons para todos, para nosso futuro e de nossos filhos!Adorei a abordagem e concordo com você... vamos criar hábitos mais saudáveis, garantindo assim o bem para nossa humanidade!BjsFalou Tchau#amigacomenta

    ResponderExcluir
  9. CLAP CLAP CLAP!!! Nossa vc falou tudo que tava entalado na minha goela, principalmente qdo via compartilhamentos no FB de um texto idiota que defende que o Abilia vai ficar mais rico. Usava caixa de papelão, depois que ganhei umas sacolas ecológicas passei a usa-las, como tenho hortinha em casa, acabo fazendo reciclagem tb, aproveito o lixo orgânico para virar adubo. Dá trabalho (alguns falam isso) qdo vem aqui em casa, pode até dá, mas nada na vida é tão prazeroso, do que ver meu filho mexendo na terra preta, colhendo as frutas e verduras, e principalmente sendo cuidadoso com o meio ambiente!!! 
    Bjim

    ResponderExcluir
  10. Verdade, Ana! Concordo com você, mas ainda acho que os super precisam se adaptar também. Outro dia, fazendo compras do mês (que eu já colocava em caixas de papelão), descobri que agora, se você não catar as caixas enquanto faz as compras, não vai ter onde colocar quando chegar ao caixa. E a mulher do caixa ainda me avisou: cuidado, que andam roubando as caixas dos outros carrinhos, fica de olho!. Já não me bastava ter que fazer compras com duas crianças pequenas, agora eu também preciso ficar vigiando caixa de papelão? Só o que me faltava!! hahahahahahahaha

    Beijos
    Tati
    Mulher e Mãe
    #amigacomenta

    ResponderExcluir
  11. Vc tem razão! Sabe que na hora eu me revoltei, mas depois comecei a pensar que eu nem usava mesmo porque compro no atacado (pobrona rs) e pras comprinhas da semana não custa nada levar uma ecobag na bolsa, nem to sofrendo, e me dava nervoso ver as véia maníaca por sacolinha colocando um produto em cada uma só pra acumular rs
    beijo ana
    #amigacomenta

    ResponderExcluir
  12. Pegar a caixa antes, e ainda ter que tomar conta não é fácil hein!
    Adaptação não é fácil, daqui a pouco estará sobrando caixa no mercado.Beijos,
    Ana Carolina

    ResponderExcluir
  13. Eu também acho uma bobeira enorme aquele monte de compartilhamentos, mas cada um tem sua opinião.
    E eu sou do time do planeta, e meu filho já está no caminho!

    Beijos,
    Ana Carolina

    ResponderExcluir
  14. Hábitos saudáveis, atitudes saudáveis que diminuem muitos problemas não é mesmo?
    Beijos,Ana Carolina 

    ResponderExcluir
  15. Vamos proteger nosso planeta!!!
    Beijos,Ana Carolina 

    ResponderExcluir
  16. Concordo com vc!

    Mas confesso que ainda não consegui usar a sacola, por puro esquecimento. Mas estamos tentando, estamos mesmo e sei que, daqui a pouco isto tbm será habito aqui em casa!

    ResponderExcluir
  17. Mudar hábitos pode demorar, mas são para sempre!
    Beijos,
    Ana Carolina

    ResponderExcluir
  18. Eu sou do tempo que o mercado empacotava nossas compras em sacos de papel. Aliás, meu primeiro emprego com carteira assinada foi como empacotadora numa grande rede de supermercados. As sacolinhas facilitam muito na hora de carregar as compras, principalmente para quem anda a pé ou de ônibus. Mas dá pra carregar uma sacolinha de tecido dobradinha dentro da bolsa quando for fazer as compras.
    Como vc disse, tudo é uma questão de costume, e hábitos podem sim ser mudados.

    Bjs

    ResponderExcluir
  19. Concordo!!
    Às vezes a implementação é dificil, mas é por um bem comum e assim tudo fica melhor depois!  ;)
    p.s. tb acho absurdo fumarem em lugares fechados ou ambientes com crianças!

    bjsss
    #amigacomenta

    http://www.lookbebe.com.br
    @look_bebe

    ResponderExcluir
  20. Sou super contra sacolinhas!!!! Tenho várias retornáveis, e sempre cravo uma discussão com maridex que no fundo tem é vergonha de sair com sacolas retornáveis e como se não bastasse, ainda coloca alface e repolho (que são pagos por unidade, não por peso!!) em saquinhos plásticos e pra coroar, dá um nó que no fim ainda tenho que rasgar a poha do pacotinho e jogar fora pq nem para reutilizar dá!!! ODEIO sacolinhas. No mercado ao lado da minha casa, por exemplo, deveria ser feito um treinamento com os empacotadores, porque mesmo você com a retornável e dizendo que NÃO quer sacolinhas eles insistem em colocar as vezes até 2, dependendo do que vc comprou. Fico louca com essas coisas... e aquele discursinho ridículo que diz que tudo o mais ta liberado é de gente mal informada, que não separa lixo para reciclar. 

    Pronto, já me pronunciei BEM contra as maledetas sacolinhas!!!

    Obrigada pela visita no blog!!! Volte sempre.
    Beijos
    Ninon.
    #amigacomenta.

    ResponderExcluir

Agradecemos o seu comentário!!