segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Mãe, profissão: Bombeira

Resolvemos dividir com vocês a Loucura que é ser mãe e profissional!!!

Teremos 1 semana recheada de atualizações sobre nossas vidas como mãe e profissional, pois mesmo quem não trabalha fora também tem profissão!  Profissão mãe full time"





Nunca fui de pensar no futuro.

O que vou ser quando crescer, se quero casar, ter filhos... Isso não fez parte do meu imaginário quando criança.

Terminei meu 2° grau (sim, não sou da época do ensino médio não, deixo isso pra Giovana) e agora? Fazer faculdade de que? O que eu quero ser?

Bom, o que estava em alta era qualquer coisa ligada a computação, então lá fui eu fazer vestibular para “Tecnólogo em Processamento de Dados”.

Minha mãe ficou super, hiper, mega feliz! Profissão do futuro hein filha!! (Sim, pois isso foi há 19 anos – caracas!!! Estou velha!). Só que eu não gostei do curso...  Cursei durante 1 ano meio, e desisti. E agora? O que fazer da vida?

Lá fui eu pra outro vestibular. Educação Física! Sim, porque não? Eu sempre gostei de malhar, adorava esportes, então eu iria me adaptar.

Fiz a faculdade, amei meu curso (nesses 4 anos de curso a Gi nasceu e se formou comigo) e agora? Trabalhar com que? Ser professora né, afinal é um curso de Licenciatura Plena.

Assim que terminei a faculdade abriram inscrições para o concurso do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) e minha mãe insistiu para que eu fizesse.

Mas como? Eu não me formei? Eu iria passar no concurso da secretaria de educação e seria professora, já estava decicido.

Ainda bem que as coisas mudam!

Passei no concurso e hoje sou bombeira!!! Nem sei se existe o gênero feminino, mas se a Dilma quer ser presidentA eu quero ser bombeirA!

A Gi viveu de perto. Já tirou vários serviços comigo.

Vez ou outra eu a levava para os plantões e ela dormia no quartel comigo. Ela achava o máximo. Até hoje me pede pra ir, mas não rola mais... rs

Hoje trabalho no horário de expediente, faço mais serviços internos (eu não daria conta de escala de 24 x 72; estou velha pra isso) e tenho um horário maravilhoso.

Acordo cedo, deixo a Gi na escola e vou malhar (pra ficar sarada... hahaha) volto, passo a manhã inteira com o Lucas, almoçamos e enquanto eu trabalho ele estuda.

Pena que meu expediente não termina às 19h como o de muitos. Aí que que começa.

Chegar em casa, olhar dever da Gi, tirar dúvidas, dar jantar para os 3 (é... ainda tem o marido no meio), banho e colocar para dormir.  Meu expediente só acaba por volta das 23h, e às 6h30min começa tudo de novo...

Não é fácil, mas o que é fácil nessa vida né?

Amo ser bombeira, amo todos os socorros que já fui, hoje amo estar no serviço administrativo (eventualmente tiro plantão).

Eu posso dizer que AMO minha profissão e levo numa boa o trabalho fora e dentro de casa!!


28 comentários:

  1. A Paula é uma super mãe! imagin só, com todas as preocupações de ter um filh pequeno em casa e ainda ter que socorrer pessoas que precisavam dela! Parabéns, Paula!!!

    ResponderExcluir
  2. A bombeira mais linda, mais sarada, mais legal e maaaaaaaaaaais localocaloca da galáxia!
    Fora o que é boa mãe neh? Vi de perto, sei bem!!
    Bjo gata!!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns Paula, sua profissão é muito digna!!!
    E vc é uma boa mãe e uma boa profissional!!

    bEijos
    Ana Carolina

    ResponderExcluir
  4. Admiro muito vc como profissional, mãe e mulher!!!
    Ô mulher de fibra!!!

    ResponderExcluir
  5. Gente que máximo, não sei se daria conta de ser uma mãe bombeira, mas iria amar dizer que minha Mãe é bombeira.... Amo minha mãe demais, mas adoraria que ela fosse bombeira rsrsrs. Parabéns e fiquei com um orgulhão de ser mãe, mulher e profissional. É isso ai "nóis dá conta". Beijos

    ResponderExcluir
  6. Que bela profissão (bombeira e mãe). Meu avô foi bombeiro e cresci nesse meio, tanto que meu filho é apaixonado por essa profissão. Parabéns! Beijos

    ResponderExcluir
  7. Essa mulherada é 100000, meu sonho era ser advogada, mas hoje faço algo totalmente diferente. Me apaixonei por outra coisa. Na vida é assim mesmo.
    E que bom que vc achou e faz algo que gosta!!!!

    ResponderExcluir
  8. Bom é fazer o que a gente gosta, se encontrar!

    E dar conta desses mil turnos, não só o horário comercial faz gente se sentir Super Mulheres!!

    Admiro muito sua profissão!

    Bjs

    ResponderExcluir
  9. tenho o maior orgulho de ter você como amiga/irmã louca
    o fato de você ser uma bombeira (profissão que admiro muito) aumenta mais ainda essa minha admiração

    bjs de montão 

    ResponderExcluir
  10. Paula! Legal demais o seu relato! Eu sou uma mãe administradora mas até hoje não aprendi a administrar as birras da pequena, pode?! tudo de bom e sorte nessa rotina tripla! bjos

    ResponderExcluir
  11. Que profissão linda! E que garra tem essa mamis.  Adorei conhecer !!!! Fazer o que gosta é a melhor coisa do mundo! Bjo enormeee

    ResponderExcluir
  12. Ah, super mãe bombeira!!!

    Que bom que encontrou algo que goste de fazer!! E ainda faz bem tudo que resolveu fazer: ser bombeira, ser mãe! É isso aí!
    Beijoooo

    ResponderExcluir
  13. Acho o máximo sua profissão! Muito legal mesmo,daquelas que a gente sonha em ser quando criança! Tá bom, pelo menos a maioria das crianças pensda assim em algum momento"

    ResponderExcluir
  14. Q legal amiga, profissão linda...e muitobom fzr o q a gente gosta, e isso mesmo nada nesta vida e fácil .....q coisa né sempre pegar na mangueira aposto q vc sempre ouve essa piadinha, mas eu não poderia deixar passar kkk, bjsnsuamlinda e admirável mulher

    ResponderExcluir
  15. Adorei ler mais sobre sua profissão, Paula.
    Parabéns! É uma profissão e tanto quando se une a profissão Mãe!
    Bjs!
    Mãe do Theo
    #amigacomenta
    http://www.docerotinamaterna.blogspot.com 

    ResponderExcluir
  16. hahahaha Amiga pegar na mangueira é tuuuuudo!!!! hahaha beijosss

    ResponderExcluir
  17. Pensa mesmo Keka, sempre que eu ia buscar a Giovana na escola (fardada) as crianças ficavam  loucas. Me faziam mil perguntas!!!

    ResponderExcluir
  18. Obrigada linda!!! Realmente eu amo o que faço!!! Volte sempre!! Beijos

    ResponderExcluir
  19. Dani, administrar birra não é nada fácil! Aqui tenho que administrar birra de bebê e "birra" de adolescente. Não é mole não! Beijos

    ResponderExcluir
  20. ownnnn sua linda!!!! Estou te esperando viu! Beijos

    ResponderExcluir
  21. Thata, ao mesmo tempo que me sinto super mulher não sei como dou conta do recado... rsrsrs

    ResponderExcluir
  22. O importante é que vc se apaixonou por algo. Ruim é fazer o que a gente não gosta né! Beijos

    ResponderExcluir
  23. Ahhhh que legal!!! Seu avô deve ter várias histórias!!! A Gi sempre gostou de ouvir minhas histórias de socorro! Beijos

    ResponderExcluir
  24. Nossa ter uma mãe bombeira deve ser o máximo adorei sua profissão

    ResponderExcluir
  25. É muito fazer oque a gente gosta né. Parabéns pela linda familia! Realmente esse expediente que nunca acaba as 19 né aqui também é assim

    ResponderExcluir
  26. Estou boquiaberta... nunca imaginei!
    Parabéns pelo empenho e coragem.
    Admirando!

    Beijos!

    ResponderExcluir

obrigada pelo comentário!