quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Mãe 1.0



O download da versão Trial do Mãe 1.0 começa em algumas pessoas antes mesmo da mulher engravidar. Não foi o meu caso (deve ter dado pau). Quando eu engravidei, baixei e executei à exaustão o Grávida 1.0 e esqueci de pedir pra fazer o update para o Mãe 1.0 no finalzinho da gestação. Dudu (Bebê 1.0) nasceu e eu me vi ali completamente despreparada. Não sabia dar banho, não sabia amamentar, sabia trocar porcamente uma fralda, não sabia o que fazer.

Aí que eu me lembrei do Mãe 1.0!! Rá! Mais do que prontamente fiz o download da versão, mas eu não sabia que demorava tanto tempo pra baixar, socorro Bill Gates! São meses pra completar o download! O bom é que o Mãe 1.0 é dividido em pequenos módulos e aceita que a usuária possa usá-los antes mesmo de baixar toda a versão, permitindo que funções básicas, como Trocar Fralda e Dar Banho sejam rapidamente executados e aperfeiçoados. O módulo Identificar Motivo do Choro demorou mais pra ser baixado, ainda mais que o Bebê 1.0 veio com alguns bugs que dificultam a execução: Refluxo, Cólica e Não sei Dormir, que precisaram de alguns patches de correção, fornecidos por dois outros sistemas, o Pediatra Advanced e a Internet for Moms, este último cheio de códigos maliciosos.

Com o tempo e o download dos módulos, a operação do Mãe 1.0 foi ficando cada vez mais fácil e hoje digo que sou quase expert nos seguintes módulos (além dos básicos):

Identificar Febre pela cor da bochecha
Troca de Fralda Express com bebê dançando funk
Google Translator for Babies
Wikipedia de Personagens Animados
ITunes de cantigas Infantis
CSI de conteúdo de Fraldas
Radar Ultrassônico para captar travessuras
Existem outros módulos constantemente baixados e atualizados, o problema é que o módulo de Memória da Mãe 1.0 está seriamente precisando de um upgrade...

Ainda preciso terminar de baixar alguns módulos essenciais, meus e do Bebê 1.0, mas no geral estou muito satisfeita com o Mãe 1.0. Imagino que o upgrade para o Mãe 2.0 será mais tranqüilo, a não ser que seja feita toda uma reestruturação no modelo do Bebê 2.0. E não, não tenho nem previsão pra fazer o upgrade.

E você que é Mãe 1.0, 2.0, 3.0, 4.0 (Maoeeeee!), como lida e lidou com as diferentes versões dos filhos?

11 comentários:

  1. KKK Adorei o post!!!!

    Beijos
    Fran
    http://vireimamaeeagora.blogspot.com/ 

    ResponderExcluir
  2. Muito bom o post. Eu já vim com o trial da versão Mãe 1.0, mas tive um sério problema com o módulo Amamentar e esse foi meu único bug e o que me fez chorar por meses! Ainda bem que tudo passa ou tem um upgrade..rsrsrs

    ResponderExcluir
  3. Em casa o módulo amamentação também deu pau...de resto tudo tranquilo, as vezes trava, mas é só ter paciência e reiniciar tudo novamente...estou quase terminando de baixar a versão Mãe2.0, que precisarei usar em breve...me disseram que é um pouco mais fácil de trabalhar...vamos aguardar...depois te conto!!!

    adorei o post!

    ResponderExcluir
  4. hahahahhahahahahahahah Ai Thata te adoro viu!!! Adorei o post

    ResponderExcluir
  5. Pelo jeito o módulo de amamentação veio com problemas pra várias usuárias, mas a gente vai se acertando né?
    Boa sorte com a versão 2.0!!!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. O que seria de nós se não fossem os upgrades hein?
    Beeeeijos!

    ResponderExcluir
  7. O que seria de nós se não fossem os upgrades hein?
    Beeeeijos!

    ResponderExcluir
  8. O que seria de nós se não fossem os upgrades hein?
    Beeeeijos!

    ResponderExcluir
  9. Só tenho uma declaração a fazer: do mãe 1.0 até o mãe 13.0 foi fácil. Quero ver quem consegue completar o download e executar perfeitamente o mãe15.0 junto com bebê 15.0.
    Beijossssssssssss

    ResponderExcluir
  10. vc se esqueceu de dizer que teve uma maozinha de sua mãe 1.0

    ResponderExcluir

obrigada pelo comentário!