sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

E você, vive de aparencias?


Lembra quando você era criança e queria 32 bonecas de natal?
Sua mãe dizia: "Filha, escolhe uma, dependendo duas, mas mais que isso não dá!"
Então você questionava e mais uma vez escutava: "Não dá, não dá!"
Quando somos crianças queremos tudo e é difícil entender o por que não dá. Mas quando crescemos é mais simples de compreender.

Um dia conversando com uma "amiga" sobre a festa do Felipe de dois anos, eu disse que não faria festa em casa, somente na escolinha. PAUSA - eu estava com "preguiça", haviamos acabado de trocar de carro, e haviam surgido despesas inesperadas DESPAUSA. Adivinhem o que ela me disse?! "Meu Deus, como vc é fútil! Vai deixar de comemorar o aniversário do seu filho por causa do carro?!? Pô, troca de carro depois se não tem dinheiro!" Oi? Sério, eu não entendi! Na hora eu pensei em responder, respirei e sorri, ponto.

Essa "amiga" tem um filho de X anos, e todos os anos rola festão em Buffet.
No primeiro ano do menino, o pai dela havia dado entrada na UTI um dia antes, e mesmo assim rolou A FESTA! (O pai dela faleceu no dia seguinte) Eu fui, prestigiei e não critiquei, cada um faz o que lhe convém. Não é?
Mas tem gente que prefere manter a "aparência" do que ter conforto. Afinal, deixar de fazer festa pra trocar de carro é coisa de pobre, gente rica compra carro, casa e faz festão. Será isso mesmo?
É bem como dizem, muitas pessoas enriquecem ao longo da vida - ou casam com um cara bem sucedido - e então acreditam que pra ficar com a imagem de pessoa feliz, fina, com a vida cheia de glamour precisa ostentar. Por que vamos combinar né colega, tá com o nome no SPC, mas faz festa em buffet completo.
Cada um faz o que quer com o seu dinheiro, então me chame de pobre, mas não de futil. Por que prefiro o conforto da minha família do que o glamour de uma tarde de festa.

O meu marido veio de uma família com uma vida bem confortável, a minha era mais humilde, comida não faltava, mas meus irmãos e eu nunca fomos a escolas particulares, ou tivemos oportunidade de fazer mil cursos, enfim, quando decidimos casar o Ivan perdeu sua "mesada". Lógico que por muito tempo dependemos da ajuda dos meus sogros, pra uma coisa, ou outra, mas graças a Deus um dia alcançamos a nossa liberdade financeira. E com, tudo isso aprendemos a dar valor ao nosso dinheiro, confesso que compro coisas caras pro meu filho sim, mas não dou cheques sem fundo na loja, se eu compro é por que eu posso, nunca vou me endividar pra comprar uma super ultra mega power pista do hotweels, mas se eu tiver dinheiro na conta, e quiser eu vou comprar sim.

Outro dia "ouvi" uma menina falar que só pobres compram em sites de compras coletivas, puts! Eu amo uma oferta do peixe urbano, compro mesmo. Por que sou classe média sim e não tenho árvore de dinheiro em casa. Aproveitar ofertas e descontos - quando não é por compulsão rs - é valorizar seu próprio dinheiro.
Saio pra jantar com meu VR ou meu cupom de descontos sem a mínima vergonha, e posso falar? Eu pago as minhas contas! Ta que tem mês que a gente sorteia algumas pra deixar pro dia do vale, mas no dia 31 elas estão todas pagas rs né?

Eu juro que se um dia o Roberto Justos vier até mim e me falar como devo administrar minhas finanças eu vou ouvir, se ele criticar todas as minhas prioridades eu vou reve-las. Agora, uma pessoa que gasta horrores com viagens/roupas/baladas todo mês e nem nem o nome limpo tem, vir me falar sobre o que eu faço com o meu dinheiro? É duro né.

Criticas são sempre bem vindas, mas como dar ouvidos a quem não segue os próprios conselhos?
Faça o que eu digo, não faça o que eu faço!

É... tem gente que passa ser uma coisa, mas é outra. Eu só não entendo a vergonha que essas pessoas tem em admitir pra sociedade que infelizmente um certo mês a grana ficou curta!

9 comentários:

  1. Opa...concordo com tudo oq vc disse!
    Conheço uma pessoa que só compra roupas em griff e boutiques...mas nunca tem dinheiro para sair com o marido para sentar em um barzinho e comer uma pizza! Affff...
    Pra que roupas caras, se não sai de casa pq não tem grana para chopp?! Eu hein!
    Compro roupas em lojas populares sim, compro coisas da promoção sim e graças a Deus sempre me sobra um $$ para sair e me divertir!
    Bjos

    ResponderExcluir
  2. G-zuis...como tem palpiteiro nessa vida!!!
    Quem deve saber se vai ou não ter festa é você...cada um cuida da sua vida...ao menos deveria ser assim, o pior é que mesmo com essa vida corrida, ainda tem gente que tem tempo de cuidar da vida dos outros não é!?

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Ave...fala sério!! Essa mulher é doida??? Quem nunca saiu pra jantar com o VR ou cupom de desconto que atire a primeira pedra! rsrsrs
    Sou a favor do conforto em primeiro lugar tbm!!

    Bjs
    Fran
    http://vireimamaeeagora.blogspot.com/ 

    ResponderExcluir
  4. acho que ja li algo parecedo em algum lugar, viver de aparencias pra q?
    aki onde eu moro tem mta gnt assim, axo mto pobre de espirito.
    beijos
    teny

    ResponderExcluir
  5. como o mundo ta cheio de gente assim....mas eu jamais vou me acostumar e qro fik bem longe!!!

    adorei

    bjus

    ResponderExcluir
  6. Vc deve ter lido no meu blog amiga!!

    Bjs bjs

    ResponderExcluir
  7. Pois é, tem gente que prefere outras coisas, mas pra que criticar né?

    Infelizmente as pessoas julgam até os gastos dos outros, especulam a conta bancária, enfim... rs

    ResponderExcluir
  8. Nossa pior q existe muita gente assim .... triste demais !  

    O dinheiro não traz felicidade — para quem não sabe o que fazer com ele. 

    ResponderExcluir
  9. MELHOR SITE DE VENDAS http://www.mercadozets.com.br/VENDE DE TUDOBEBÊ CONFORTO... ...
    http://www.mercadozets.com.br/ListaProdutos.asp?texto=bebe+conforto&IDCategoria=110

    VENDE DE TUDO TEM BERÇO ELETRONICOS CELULARES TV NOTEBOOK COMPUTADOR ACESSORIOS PARA CARROS BRINQUEDOS ARTIGOS INFANTIS E MUITO MAIS

    ResponderExcluir

obrigada pelo comentário!