quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Porque diabos todo mundo sabe mais do seu filho do que você?


Se você não passou por isso, meus parabéns! Você pode se considerar uma felizarda que está em um seleto grupo de mães que não passou pela chatice de ter especialistas por todos os lados. Especialistas em que? Em crianças? Não. Especialistas no SEU FILHO. Isso mesmo, aquele que você gestou por nove meses, viu nascer e que conhece cada reação, cada reclamaçãozinha, cada suspiro.

Sua mãe sabe mais que você. Suas tias sabem mais que você. Sua amiga que nem tem filhos sabe mais que você. Os exus Gurus da Internet sabem mais que você. O porteiro do prédio sabe mais que você. Quer ver?

O Bebê está babando? É dente.
Mas ele tem vinte dias.
É dente, certeza.

Hummm, isso é sono...
Ela acabou de acordar de uma soneca de sete horas.
Tá coçando o olho, é sono!!!

Esse menino tá com fome, dá alguma coisa pra ele comer, minha filha!
Mas mãe, ele mamou meia hora!
Também, com esse seu leite fraco, só poderia estar com fome. Engrossa!

Visita NÃO SOLICITADA chega em casa*:

Ele ainda está dormindo? (Visita essa que não sabe desde que hora seu filho está dormindo)
Sim, vamos ficar aqui na sala, daqui a pouco ele acorda.
Ah não, vai lá acordar ele porque senão ele não vai dormir a noite (já entrando no quarto)
* baseado em fatos reais

Ele está com vontade de comer [Insira aqui a guloseima from hell de sua preferência], está até salivando!
Mas ele nunca comeu isso, como pode estar com vontade?
Eu sempre dei [guloseima from hell] pros meus filhos e eles não morreram!

Coçou o ouvido? É dor!
A mão tá gelada? É cólica!
Soluços? Esse menino tá com frio!!
Você já trocou a fralda HOJE? (não, achei que o flockgel desse conta do recado)
Esse menino não dorme?
Essa menina só dorme?
Mas essa criança SÓ chora? (também, com essa sua cara feia... eu também choraria de desgosto)
Dá água!
Dá suco!
Dá feijoada!
Dá a chupeta!
Molha a chupeta no açúcar (oiiiiiiiiiiiiii?)
Dá aqui essa criança - tomando seu filho do seu colo - que eu vou fazer ele dormir...
Você amamentou tempo demais!
Você não amamentou tempo suficiente!
Dá banho de chá de picão! (vou te falar quem tá precisando de um picão, minha senhora)

Tem que ter muito jogo de cintura e bom humor pra lidar com os palpiteiros. Alguns palpites são até bem vindos, ou são de gente tão querida, que nem dá pra ficar com raiva. Mas e quando o palpite é daquela pessoa que você não tem nenhuma intimidade, ou pior, quando vem de uma pessoa que você não suporta? O que você faz?

28 comentários:

  1. Jogo a pessoa pela janela hahahahahah !!!!
    #Fatissimo

    ResponderExcluir
  2. Amei!!!

    Hahaha a minha sogra nos proibiu de beber refri na frente do Fe qndo ele tinha seis meses dizia que ele "estava com vontade" pq babava! kkkkk

    Essa da mão gelada tá com frio é típica, essa e a da ciceira no ouvido eu ouço ate hj da minha sogra... 2 anos e ela ali... Batendk na mesma tecla kkkkkkk

    ResponderExcluir
  3. Vontade de mandar passear na Faixa de Gaza quem se mete no que não é chamado!

    ResponderExcluir
  4. Comigo teve desses palpites UMA única vez, respondi tão singelamente na frente de uma dúzia de pessoas, nunca mais a sabichona se meteu a besta!
    Mas tem sempre aqueles espertões e espertonas nas filas, na espera do pediatra, etc...
    Tem que ter habilidade!!!

    ResponderExcluir
  5. Amei!!!

    Hahaha a minha sogra nos proibiu de beber refri na frente do Fe qndo ele tinha seis meses dizia que ele "estava com vontade" pq babava! kkkkk

    Essa da mão gelada tá com frio é típica, essa e a da coceira no ouvido eu ouço ate hj da minha sogra... 2 anos e ela ali... Batendo na mesma tecla kkkkkkk

    ResponderExcluir
  6. Dou logo uma resposta do gênero: a filha é minha ou sua?! Quem decide as coisas por aqui sou eu - e o marido, no máximo! hahaha
    Eu ouvi todas essas, e também tive essa visita não desejada acordando Ellis.
    Uma vez uma senhorinha veio falar comigo no supermercado. Eu tava com Ellis na parte de frios, tava um calor duzinfernos e Ellis tava de vestido. Senhorinha: mas tá muito frio pra ela aqui, você não devia ficar com ela aqui perto da geladeira:
    Eu respondi: a senhora quer que eu deixe ela sozinha lá do outro lado ou prefere pagar uma babá pra ficar olhando ela enquanto eu faço compras?
    Avá!

    ResponderExcluir
  7. Os comentários sempre vem de quem a gente não suporta. Depois q os bbs crescem, continua: nossa, essa roupa ta curta. Dormiu essa hora? ( eles chegam exaustos da escola) e o clássico acordar, invadir sua casa e fuçar em tudo, sem o menor semancol ou respeito. ( baseados em fatos reais e recorrentes)

    ResponderExcluir
  8. Ri muito. E como isso acontece!!!
    Só que eu sou felizarda, porque só aguentei essas coisas, esses palpites apenas por 3 anos e meio. Depois mudamos de cidade e fiquei longe de todas as críticas, de todo esse zumzum.

    Sorte a minha, né?

    Beijo

    ResponderExcluir
  9. Sério que isso tb acontece quando estão mais velhos? Aff, dose extra de paciência pra mim!!!
    E beijos pra vc!

    ResponderExcluir
  10. Melhor ter aguentado por 3 anos e não precisar mais aguentar, do que nós, pobres mortais que vão aguentar esses palpiteiros from hell eternamente!!!

    ResponderExcluir
  11. As velhinhas tem um dom especial pra nos tirar do sério né?
    Lá em NY, qdo eu coloquei a mochilinha no Dudu, uma velha caquética de andador olhou pra mim e disse "He is not a dog". Fiquei tão p* da vida, quase respondi pra ela "Então vem cuidar dele com esse seu andador, sua velha!"

    Raduken sempre, em prol da nossa sanidade mental!

    ResponderExcluir
  12. kasokasokaosk
    tatha adorei opost, é assim e pior!! beijos

    ResponderExcluir
  13. Fantástico... Quem nunca passou por isso não é mesmo?? Daí a gente faz aquela cara de "sai daquiiiiiiii" e a pessoa não se toca hahahaha...
    Esses dias uma mãe de um bebe de 4 meses veio me dar "conselhos" sobre uma assadura que o João Pedro (1 ano) estava, ela disse pra eu não usar mais lencinhos umedecidos, que faziam mal e blá, blá, blá (aquele discurso da maternidade sabe?), mas peraí, meu filho já usa lencinho há 1 ano e NUNCA fez mal. E outra, quem disse que ela tem mais experiência do que eu?? Ahh vá...
    Estou amando o blog, parabéns meninas!!

    ResponderExcluir
  14. Muito bom o texto! E é assim mesmo, como tem gente que adora dar palpite.
    E o pior, é que em algumas situações temos que aguentar caladas.. =/
    Ah, faz parte, infelizmente.
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. O duro é isso né?
    Ter que aguentar calada, tem vezes que temos que engolir o sapo... fuen!

    ResponderExcluir
  16. Se cada um cuidasse da sua própria vida, as coisas seriam mais fáceis né?
    Uma coisa é opinar, outra coisa é querer ser dona da verdade, que raiva que tenho de gente assim!

    ResponderExcluir
  17. achei que o flockgel desse conta do recado foi ótema!!!kkkk

    eu de resguardo, o pía nem com 15 dias, no inverno rigoroso de Curitiba tavam me falando q eu não saía de casa com o muleque pq tava com depressão pós parto.... mereçoo???

    sai vc com o teu filho RN no frio da poha colega!

    ai amei o post!

    bzooo

    ResponderExcluir
  18. Fico indignada com a falta de sensibilidade das pessoas... como assim sair com RN no frio??? Só pra mostrar pros outros?

    Aff!

    ResponderExcluir
  19. Pelo menos os palpites da minha mãe eu posso mandar ela calar a boca. Ela se ofende toda, mas como é minha mãe me perdoa. Depois volta a dar palpites!
    Eu aprendi a fazer a surda. É o único meio de sobreviver e não perder algumas amigas.

    ResponderExcluir
  20. Você tá certa, às vezes é mais negócio ficar quietinha!!

    ResponderExcluir
  21. Aiii ameiiiiiiiiiiiiii o post, não tem nem o que acrescentar.

    ahhh tem sim.

    Meu filho derretendo de calor, e vc põe uma regata: " Vai matar esse menino de frio" #fato real#

    ResponderExcluir
  22. Muito bom! E quando o assunto é amamentação: se para de amamentar antes dos 6 meses "pobre criança!", se continua amamentando após os 6 meses "vai amamentar até quando essa criatura?"

    ResponderExcluir
  23. Eu sorrio, viro e CAGO ! O filho é meu, eu hein...

    ResponderExcluir
  24. Fato! Como as pessoas se metem né na vida da gente! Fico doida...

    ResponderExcluir
  25. gente, meu filho tem SETE ANOS!!!! e outro dia ele estava CORRENDO, era VERAO... e sentiram ele quente e queriam medir a FEBRE!!!!! eu mandei sentar no sofa e deixar quieto.... please, menos neh???? :)

    ResponderExcluir

Agradecemos o seu comentário!!