sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Competição materna




Sempre para nós mães nossos filhos são os melhores.
Quando nasce é o mais lindo, o único que não tem cara de joelho.
Depois eles começam a se desenvolver e a medida que expomos isso em blogs, ou outras redes algumas pessoas levam como provocação.
Eu sinceramente não entendo.

Pra mim Felipe é perfeito, é adiantado em algumas coisas e atrasado em outras.
Um belo dia escrevi por ai que ele havia dado 15 passinhos e já tinha 8 dentinhos, isso para uma mamãe "noiada" - ou talvez estressada - soou como alfinetada, e dai por diante a mesma falou mal de mim pra fulano, pra ciclano, no orkut, no twitter, na rádio...

Outro dia eu observei uma conversa entre algumas mães e era assim mais ou menos:
"Ah, minha filha começou a sentar com 4 meses!"
"Capaz, Joãozinho sentou com 3 e aprendeu a andar com 9 meses... bem mais precoce!"
"Mas como assim seu filho não dorme a noite toda! O meu dorme. Sozinho, no escuro desde RN. Nunca precisei ninar, dar chupeta ou coisas assim!"
Daqui a pouco me aparece uma doida dizendo: "Meu filho troca a fralda sozinho desde os 6 meses e aos 7 já concorreu duas maratonas!"

As vezes as pessoas querem competir, querem mostrar o quanto melhores são, ou simplesmente se auto afirmar, e tudo pra elas se resume em INVEJA. Se alguém fala, faz algo que a incomode fez pra provocar, é por que tem inveja blablabla.
Gente, que pessoa em sã consciência tem INVEJA do do desenvolvimento do filho da outra? Inveja por que engatinhou, andou, falou...
Usar o filho para se sentir MAIS que alguém? Eu não acredito que seja coisa de gente normal né. Ao invés de vibrar com a conquista da criança alheia por que se ofender e achar que tudo é provocação?

Filhos são incógnitas, alguns fazem algumas coisas outros não. Felipe engatinhou cedo, algumas mães me olham com desdém, outras ficam decepcionadas por que seus filhos com 6, 7 meses ainda não o fazem. Eu nunca me desesperei pelo fato dele aos 7 meses ainda não ficar sentado, firme sem apoio. Um dia ele sentou e ali ficou. Simples! Aconteceu!

O pior de tudo é quando uma amizade acaba por isso, e eu senti que nessas minhas aventuras em falar falar falar perdi uma ou duas amigas, ou nem eram tão amigas assim. Comparar filhos devia ser contra a lei, alias, acredito que seja, contra a lei da natureza. Tudo no tempo certo e com respeito, caminha como deve ser.

Cada bebê se desenvolve a maneira a qual é estimulado, e da maneira a qual seu corpo está preparado. Eu escrevo no meu blog pra registrar os momentos do meu filho e não pra competir. Assim como pra você e pra todas mães, seu filho é o melhor, e eu penso assim do meu. Até quando vamos ficar nessa picuinha comparando o verde com o azul?

Vamos agradecer a saúde e inteligência dos pequenos, afinal tudo a seu tempo, eles sempre serão diferentes, cada um com suas qualidades e seus defeitos.

Beijos Dina

29 comentários:

  1. Meu filho é perfeito! É o melhor do mundo, mas não correu maratona ainda!

    ResponderExcluir
  2. Vai na pracinha e fala isso pras outras mães hauhauahuahuah vc vai ver, já já elas organizam uma olimpíadas kkkkkk

    ResponderExcluir
  3. Verdade!!! Apoiada!!!

    O blog é pra isso mesmo, registro e compartilhar ideias e experiências, competir é coisa boba... como você disse cada um se desenvolve de acordo com os estímulos que recebe!

    Beijos
    Karin
    www.mamaeecia.com.br

    ResponderExcluir
  4. Exatamente por isso reforço que meus filhos são NORMAIS!!! Nem entro nesses papinhos, não tenho paciência ...
    bjuuuus

    ResponderExcluir
  5. Isso é coisa de mãe abobada, só pode!!
    Concordo com vc Dina, cada criança tem seu momento...

    ResponderExcluir
  6. Competir é tão desgastante e desnecesserário, mas infelizmente acontece.

    ResponderExcluir
  7. Pois é Karin, e muita gente perde a noção.
    Não sei por que, francamente...

    ResponderExcluir
  8. Eu já evito certo assuntos do tipo: Meu filho faz isso, aquilo...

    ResponderExcluir
  9. Competição é coisa de quem não tem o que fazer. Uma coisa é vc contar os feitos do seu filho (toda mãe babona e orgulhosa faz isso, super normal), outra é se vangloriar e achar que o resto da humanidade não chega aos pés do seus. Aff, to fora.

    ResponderExcluir
  10. Adorei, concordo contigo,Dina!
    Eu nunca escrevi muito sobre isso, por ler blogs antes de fazer o meu, e perceber que esses assuntos são polêmicos e atraem mães invejosas!
    Acho comparações u ó...
    beijos

    ResponderExcluir
  11. Filhos feitos com amor e filhos feitos pq td mundo tem filho dai tbm qro um. Eis a grande diferença, começa por aí amiga...
    O meu filho é estimulado e se desenvolve no tempinho dele. Antes q uns, depois q outros e tá tudo bem, ué.
    bzooo
    ótimo post!

    ResponderExcluir
  12. Ehhhh mundo louco!!!
    As pessoas vão aprender quando que ser diferente é bacana....
    meu filho é a coisa mais importante pra mim, claro vou falar dele como eu bem entender...se não está contente,tem um X no canto superior da pag é só clicar!!!
    Fala sérioooo
    eu adoro ler seu blog...
    tem mais que escrever do teu tesouro
    nossa fico pirando com os depoimentos das mães da net, por que é uma maneira da gente não se sentir só!

    escreve mesmoooooooo que eu leio mesmooooo e gosto muitooooo
    rsrsrsrsrsrs

    www.sublimeamordemae.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Cada criança tem seu time! Não adianta...não é pq o filho do vizinho andou aos9 meses q o seu necessariamente tem q andar tb!
    Isso só frustra uma mãe...comparações só nos frustram!
    Confesso q ja fiz MUITO isso...nooooooooossa, muito!
    Me arrependi. Hj não faço mais...
    Parabenizo qdo algum bebe da idade da Anna faz coisas q ela ainda nao faz! Nao faz masvai fazer. Simples assim!

    Beijoooos

    ResponderExcluir
  14. Pois é Than, é como eu sempre digo. Crianças são singulares, únicas... até os três anos tudo/ou ansencia de é normal.

    Eu sempre pensei assim, meu filho é especial, é único, então não é como "a maioria" que faz isso com idade x...

    ResponderExcluir
  15. Oi Tati, obrigada pela visita e volte sempre.

    O duro é que nem sempre as pessoas entendem que a gente está contando as conquistas dos nossos filhos, já chegam falando alto e querendo competir.

    Triste, mas existe muito, no mundo real e no mundo virtual.
    Bjs

    ResponderExcluir
  16. Disse tudo Déia.
    Ai meu filho com dez meses não anda, como isso se o da fulana andou?? Triste, fez filho pra dar amor ou pra ganhar medalha? Né? Beijos

    ResponderExcluir
  17. Pois é amiga, por isso que tem coisas que temos que pensar muito como colocar ali, ou melhor nem colocar né.
    Bjsss

    ResponderExcluir
  18. A unica coisa que me deixa doida é, por que o Dudu tem aquele cabelo de calopsita lindo, e o meu aquele cabelo juruninha?
    kkkkkkk

    ResponderExcluir
  19. E como né amiga? Seja na familia, nos blogs ou na rua... coisa que mais se compara no mundo é filhos.

    ResponderExcluir
  20. Eu que tenho um casal sei muito bem q cada criança tem seu próprio tempo...Su falou antes de 1 ano,Daniel só aos 2,em compensação aos 9meses ele andava de velotrol que ela com 2 não andava sozinha e por aí vai...até hj com 9 e 11 anos eles tem dons diferentes e tempos diferentes...
    Isso de achar o seu filho melhor pra mim é doença,somos corujas sim e queremos mostrar as proezas deles,mas isso ñ deve nunca ser motivo de inveja...
    Grande bj,sua lindaaaaa!

    ResponderExcluir
  21. Você falou tudo! As vezes vejo muito isso nos blogs maternos que encontramos pelo mundo da web! Alías, cada ser é único e ser mãe não tem receita e ser filho também não! O que sabemos é que todas nós somos humanas e amamos nossos filhos. :)

    ResponderExcluir
  22. Terrível isso, né? Também já levantei esse questionamento no blog. Não entendo porque as pessoas levam pra esse lado da competição.
    Quando se é mãe de dois ou mais, percebemos que cada criança realmente tem seu tempo.

    E o blog deve ser um lugar de registro das SUAS coisas, dos SEUS questionamentos e dos momentos do SEU filho. São seus os registros e essa liberdade te pertence. Ou melhor, pertence a todas nós.

    Beijo

    ResponderExcluir
  23. É incrivel como existe e existe muita mãe assim, cada comparação boba tem mãe que você nem termina a frase e ela ja vem com um monte de comparação, as vezes com relação a comportamento e muitas vezes até com relação a coisas materiais isso me irrita. Uma vez apelei com uma amiga pq na véspera do aniversário de 1 aninho da minha filha ela me ligou várias vezes pedindo contato,e depois começou a comparar lembrancinha,´pois disse que ia fazer a festa de 4 anos da filha do mesmo tema(detalhe nosso grupo de amigos era o mesmo) e se quisesse fazer tudo bem, mais na véspera da festa ficar me ligando e comparando e eu no auge da correria e stress teve uma hora que respondi mal e ela não gostou.Bobeira fiz a festa não para mostrar para ninguém mais sim para comemorar a vida da minha primeira filha.
    http://www.meudiaadiademae.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  24. Pois é Ro, o dificil é quando as pessoas levam tudo a ferro e fogo.
    O Fe tmbm andou super cedo, e com seus dois anos ainda não fala. Dai vou fazer o que né?
    Minha mãe é uma que sempre compara o desenvolvimento do Fe com o da minha afilhada, 1 ano mais nova. Me da nos nervos, eu só sorrio e aceno rs

    ResponderExcluir
  25. Extamente Nat, comparações e cobranças são inevitáveis muitas vezes né?! Tem que ser firme e não se deixar levar. Eu não comparo, não "mostro" os feitos do Felipe, mas tem muita gente que vive disso. Triste!

    ResponderExcluir
  26. Muito bem colocado Dani, mas #comofas com essas loucas? rs

    ResponderExcluir
  27. Que amiga heim Michelle!
    Quer fazer igual faça, mas não perturbe né rs

    ResponderExcluir
  28. Por isso sempre evitei colocar as proezas das minhas crianças no blog. Ponho eventualmente algumas, mas evito porque sei que minhas filhas não são precoces, nem mais espertas que a maioria. São crianças normais, até com algumas "deficiências" no desenvolvimento. Assim evito expô-las e também de me estressar. Elogio o fato de dormirem bem a noite toda e acho que uma rotina fez isso acontecer, elogio a inteligência delas, mas não creio que seja exepcional. AMo minhas filhas e por isso elas me parecem ser as melhores crianças do universo. E ponto.

    Abraços

    ResponderExcluir
  29. Vou dizer uma coisa... Comecei c/ essa historia de twitter e blog graças à Twilight Saga. Isso mesmo, amo aqueles vampiros! Então antes disso o máximo que eu tinha era MSN, mas daí criei conta no twitter (fiquei viciada) p/ falar cazamigas sobre a saga e nossa paixão pelos livros, filmes e atores gatos. Criei um blog p/ postar minhas fanfics e pronto. Até então eu só comentava que tinha 3 filhos e tals, nosso maior assunto ainda era TWILIGHT. Daí, uma mãezinha foi me seguindo no twitter, eu fui seguindo e mais outra, conheci um blog-de-mãe aqui, outro ali e... CABRUM...

    Muita competição gratuita! Cai na malha fina de uma quando disse que tinha optado por cesarianas, outra me trollou quando eu disse que sempre que possível ainda nino meus filhos. Ainda o dia que indiretaram que eu me livrava dos filhos por colocá-los no integral... Ainda teve aquele dia que eu me desesperei com os três com conjutivite e indiretaram que eu fazia tempestade num copo d'água.
    E tipo... WTF?
    Quem pariu mateus que embale... cada um sabe o que é melhor para sua cria!
    Fiquei 'escolada' depois de umas rasteiras, mas confesso que algumas pessoas ainda me dão nos nervos!
    Pelo menos minha TL no twitter ainda é um lugar agradável e heterogêneo, falo sobre minha família, meu trabalho e TWILIGHT SAGA... Tem sempre um follower querendo um assunto diferente!

    ResponderExcluir

Agradecemos o seu comentário!!