segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Da sua boca, não!

            Ok. Como começar a falar de algo que entala na garganta e não sai de tanta raiva? Já que aqui vamos falar de toda essa Loucura Materna e principalmente do que mais nos incomoda, vou falar de algo que me causa muita indignação. Por que é que as pessoas insistem em dar comida para o meu filho com o mesmo talher que levam o alimento às suas próprias bocas? Por que é que usam o mesmo canudo? Gente, eu sempre fui fresca, mas fresca de dar raiva. Não gostava de comer nada usando o mesmo talher de outra pessoa. #prontofalei Sou fresca e daí? Tenho nojo, nojo de verdade! Não compartilho talheres, copos e nem baba! Não gosto que mordam algo e deem pro meu filho morder. Não gosto que dividam o canudo ou o garfo, mas, nãooooo, as pessoas não tem noção, não é mesmo?

            Sabia que podemos passar diversas doenças para os bebês só fazendo isso? Até meningite meningocócica? Até cáries, sabiam? Sem contar que é uma falta de higiene danada, né? Não me interessa se é avô, avó, vizinho, amigo: NÃO DIVIDA SUAS BACTÉRIAS!!! Basta jogar no Tio Google e ver a infinidade de doenças que aparecem lá transmitidas por contato através de talheres compartilhados.

           "Muitos não sabem, mas os pais podem transmitir bactérias prejudiciais ao bebê. Para que isso não ocorra, os pais não devem compartilhar copos, talheres, escovas de dente ou ter contato próximo à boca do filho. “Essas atitudes evitam a transmissão precoce de bactérias cariogênicas ou de patógenos periodontais, consequentemente diminuindo o risco do desenvolvimento dessas doenças no futuro.”, destaca a mestre em Cariologia pela UNICAMP." (cc Guia de Mulher)

           Não sou neurótica por limpeza, nada disso, só que esse assunto vem me incomodando muito ,e tenho ficado numa tremenda saia justa quando enfrento estas situações, e não sei o que dizer. 

             Outro dia estávamos tomando café com um pessoal do trabalho do "Rasbãnd" (como diz a Diiirce), e uma menina estava dando suco de laranja pro Arthur (detalhe: logo depois de ter tomado mamadeira, imaginem a barriga do menino como ficou?). Bom, e com que canudo? Com o dela!!! Que ela havia colocado em sua linda boquinha de fumante e que certamente havia acabado de fumar. E eu não surtei... Por quê? Não sei, mas devia ter surtado. Eu fico muda na hora e vou remoendo e agora cansei! Comecei a dizer tudo o que penso e pronto. Gostou? Legal! Não gostou? Ótimo... Tô tomando Red Bull com LactoPurga pra você! Eu educo meu filho como eu quero, e, se a pessoa que está tomando suco de laranja ou comendo com seu talher for compartilhar suas bactérias com meu filho, eu vou dar uma voadora e pular com os dois pés no meio do peito! (Tá bom vai, tô louca kkkk)

              Gente, meu filho tem apenas 1 ano e 4 meses. As pessoas deviam ter bom senso! Portanto, já vou avisando, nem pense em fazer isso de novo, vou surtar, tô louca mesmo, e daí?



Keka

9 comentários:

  1. Ai amiga, voadora nesse povo!!!
    Gente mais sem noção!!! Afff

    ResponderExcluir
  2. Aqui é assim: Da minha boca pode, mas da sua não!!!! hahahaha E quem quiser dar comida pro Lucas da sua boca vai levar voadoraaaa!!!

    ResponderExcluir
  3. Eu sou fresca, mega fresca.
    Felipe come o que é meu, bebe no meu canudo, mas no dos outros nanãoooo, pelo menos não quando eu vejo.
    Sei lá né...

    Mas é isso amiga, haduken no povo sem noção!

    ResponderExcluir
  4. Ai como faz para acabar com essa mania?? Além do haduken dar um finish him ou her...ai que situação indelicada.

    ResponderExcluir
  5. Eu sou como vc Keka, sou super nojenta. Não gosto de comer no talher alheio, minha mãe morre com isso!!
    Vc está certíssima, tem que se impor, ninguém vai fazer isso por você. Raduken e voadora na cara desse povo!

    ResponderExcluir
  6. Ahaaaaaa!!!
    apoiadoooooooo
    são muitas cosias que me tiram da linha
    Chegar da rua e nem lavar a mão e pegar!!!
    Pegar meu filho no colo com aquela camisa do diaaaaaaaaaaaaaa...camisa sujaaaaaa visivelmenteeeee
    não é frescura
    é segurançaaa
    depois quando fica doente ainda tem a capacidade de falar
    Mas tatiana o que aconteceu com o meninoooo

    ResponderExcluir
  7. Apoiada amiga!!!
    Aqui eu até dou do meu copo e do meu talher pra Ellis! Mas é meu e sou mãe dela né?
    Dos outros não!!! Voadora neles!!
    Pior é quando uma pessoa que você nunca nem viu na vida vai e dá coisas pra eles comerem sem nem te perguntar!! Humpf

    ResponderExcluir
  8. Meu Deus quanto frescura desnecessária. QUEM SABE CRIA A CRIANÇA NUMA BOLHA? afeeee

    ResponderExcluir
  9. Parece que fui eu que escrevi esse texto kkkkk só não a segunda parte, pq eu ainda fico calada. Não compartilho sequer meu copo e colheres com meu filho de um ano e quatro meses, mas as pessoas ao redor insistem em fazer diferente... aiai

    ResponderExcluir

Agradecemos o seu comentário!!